Moradora da Vila Esperança, Liane Pereira luta por uma vida melhor para seus seis filhos e sonha em concluir seus estudos - Crédito: CUFA

São maternas as mãos de seis mulheres que batalham diariamente para garantir o sustento de suas famílias e que terão suas histórias contadas no especial Mães do Brasil, com estreia prevista para esta quarta-feira, 1º de dezembro, na TV Globo, logo após a novela Um Lugar ao Sol. O documentário é uma coprodução inédita da Favela Filmes, Kondzilla e da Rede Globo.

Produção mostra histórias inspiradoras de seis mães diante do desafio de sobreviver na pandemia, e destaca a importância das redes de apoio
– Crédito: CUFA

Uma das protagonistas do projeto é Liane Pereira, de 38 anos, participante do Núcleo Maria Maria e projeto Mães da Favela da CUFA, mãe de seis filhos e moradora da comunidade da Vila Esperança, em Montenegro. Criada pelos avós, Liane vem de uma vida simples do interior gaúcho. Com uma história de muitos desafios e lutas, ela trilha sua caminhada na esperança de um futuro melhor para seus filhos. Para isso, sonha em concluir seus estudos.

Com parceria da Central Única das Favelas (CUFA), o projeto destaca o quanto são fundamentais para essas famílias as redes de apoio desenvolvidas em suas comunidades, mostrando histórias inspiradoras de chefes de família mobilizadas pela vontade de realizar seus sonhos e, sobretudo, pelo amor a seus filhos.

Crédito: CUFA

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here