Segundo a Prefeitura de Montenegro, oficialmente, o percentual de montenegrinos que receberam uma dose ou a dose única da vacina contra a Covid-19 é bem menor do que o real. No site da Secretaria Estadual da Saúde, consta que apenas 44% da população foi atendida. Mas, de acordo com a Administração Municipal, já são quase 70% os moradores que iniciaram o esquema vacinal.

Na estatística do Estado, é considerada a relação entre a quantidade de imunizantes aplicada e o total da população. Porém, a medicação está liberada apenas para quem tem mais de 18 anos. Significa que, dos 65.721 habitantes do Município, somente em torno de 47 mil estão aptos a serem atendidos. E, neste caso, a cobertura sobe para 68%.

A situação é semelhante em relação a quem já recebeu as duas doses ou a dose única. Para o governo do Estado, são 16,3%, mas, “na ponta do lápis”, o índice já chega a 30%. Além da diferença nos parâmetros de cálculo, também o fato de boa parte das vacinas aplicadas na cidade ainda não estar lançada no site da Secretaria Estadual da Saúde puxa os indicadores para baixo.

Um levantamento feito pela equipe de imunizações da Prefeitura aponta que 29.818 pessoas receberam a primeira dose dos imunizantes Coronavac/Butantan, Oxford/Fiocruz e Pfizer/Biontec e outras 2.523 foram contempladas com a dose única de Jansen. O total, portanto, é de 32.341 e corresponde a 69% da “população vacinável”. Já no que diz respeito aos reforços, 14.178 pessoas receberam a segunda dose de uma das quatro vacinas disponíveis. Significa que 30% do público-alvo foi atendido.

De acordo com a secretária municipal da Saúde, Cristina Reinheimer, existem várias maneiras de analisar os dados da campanha de vacinação em Montenegro. “O fato é que já vacinamos muita gente e só não terminamos ainda porque não recebemos imunizantes suficientes”, ressalta. Para ela, comparar a quantidade de pessoas vacinadas com o total da população causa uma distorção e passa a ideia de uma meta inatingível. “Preferimos lidar com a realidade, de forma otimista, mostrando que estamos mais próximos de alcançar nosso objetivo”, conclui.

Os números – dia 12/07

Dose 1

Recebidas – 29.869

Aplicadas – 29.818

 

Dose 2

Recebidas – 13.341

Aplicadas – 11.655

 

Dose única

Recebidas – 2.560

Aplicadas – 2.523

Aguardando novas doses

Ainda sem vacinas suficientes para iniciar uma nova faixa etária, a vacinação contra a Covid-19 segue atendendo a quem têm 37 anos ou mais, nesta quarta-feira, dia 14. A medicação disponível – são poucas doses – é da Pfizer/Biontech que, por orientação dos fabricantes, só pode ser aplicada em postos de saúde. Assim, a população deve se dirigir às unidades da Industrial, na Rua José Luiz (das 8h às 12h e das 13h às 16h); e da Santo Antônio, na Rua Getúlio Vargas (entre 8h e 16h). Nos mesmos locais e horários, haverá também a imunização de gestantes, puérperas e lactantes.

A aplicação da segunda dose das vacinas Oxford/Fiocruz e Coronavac/Butantan continua na Estação da Cultura, das 8h às 16h, sem intervalo na hora do almoço. Em todos estes locais, podem ser deixados itens não perecíveis para o Banco de Alimentos do Município.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here