Carreta do Senai tem toda estrutura para ministrar as aulas - Crédito: ACOM/Prefeitura
“Esse curso vai nos ajudar muito. Para nós, que somos mães e não conseguimos trabalhar neste momento, está muito difícil.” As palavras são de Cristina Paes, uma das participantes do curso de Corte e Costura, que iniciou na última quinta-feira. Ela e outras mulheres estiveram na aula inaugural da capacitação, oriunda de uma parceria da Prefeitura Municipal de Montenegro com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).
Curso de Corte e Costura teve primeira aula
– Crédito: ACOM/Prefeitura
Emocionada com o início do curso, Cristina revela que ficou em dúvida se participaria do processo por não saber se seria, de fato, gratuito. “Estava incrédula, estamos acostumadas que nada é de graça”, destacou. No entanto, a gratuidade é verdadeira. A seleção, inclusive, tem como pré-requisito o atendimento a famílias da comunidade montenegrina que estejam inscritas no Cadastro Único (participando do Programa Bolsa Família), em acompanhamento pelo PAIF (Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família), que estejam recebendo a cesta básica, jovens que estão no Abrigo Menino Jesus de Praga (acompanhados pelo Conselho Tutelar) e indicados pela Central Única das Favelas (Cufa), por meio do Projeto Mães da Favela.
Prefeito Gustavo Zanatta participou da aula inaugural
– Crédito: ACOM/Prefeitura
O prefeito de Montenegro, Gustavo Zanatta, esteve na aula inaugural e agradeceu a parceria com o Senai. Para o chefe do Executivo, essa é uma oportunidade para que as participantes mudem de vida e tomem novos caminhos. “E, lembrem-se, não existe idade para mudar”, enfatizou o prefeito às participantes. O gerente de operações, Marcos Antonio de Oliveira Cruz, reforça que as alunas não estão gastando nada para participar da capacitação, apenas o tempo delas. “Peço para que vocês não desistam e sigam no curso até o final”, afirma.
Após a conversa com as participantes, Zanatta, Cruz, representantes do Senai e da Prefeitura foram conhecer a unidade móvel onde ocorrerão as aulas práticas. Trata-se de um ônibus equipado com máquinas de costura, mesa de corte e outros materiais que serão usados pelas alunas.
Pela Secretaria Municipal de Habitação, Desenvolvimento Social e Cidadania (SMHAD), estiveram presentes na aula inaugural o secretário Luís Fernando Ferreira, a diretora de Políticas de Formação e Qualificação Profissional, Cristiana Gomes, e o assessor especial, José Vitor Cardoso.
Mais inscrições 
Os cursos em parceria com o Senai, inclusive, terão mais vagas disponíveis e algumas inscrições serão abertas nesta segunda-feira. Os cadastros vão de 24 de maio a 9 de junho e os interessados poderão se inscrever na SMHAD. O horário é das 8h30min às 12h e das 13h30 às 16h30min. É necessário apresentar RG, CPF, comprovante de residência, como contas de água ou luz, e comprovante de escolaridade. A SMHAD fica na rua Apolinário de Moraes, 1705 – Centro.
A próxima turma de Corte e Costura terá aulas de 16 de junho a 13 de julho. De acordo com Cristiana, 14 vagas foram fechadas na primeira turma. O número de interessados pelo curso de Informática foi ainda maior: 28 pessoas. A Prefeitura também abrirá inscrições para outros cursos: Operador de Empilhadeira (56h) e Soldagem Eletrodo Revestido, Mag. Oxigas e Tig. (120h). As inscrições ocorrem nos mesmos moldes das demais, entre 24 de maio e 9 de junho. Para ambos, a idade mínima é de 18 anos e o grau de instrução para participação é Ensino Fundamental Incompleto. O curso de Empilhadeira começa no dia 14 de junho e as aulas irão de segunda a sábado. Já o de Soldagem começará em 16 de agosto e as aulas serão de segunda a sexta-feira.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here