Vacina contra o coronavírus é importante e está disponível para conter a pandemia - Crédito: Prefeitura
O aumento expressivo nos casos de Covid-19 em Montenegro tem reforçado a necessidade da população seguir com ações preventivas. De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, apenas neste final de semana, foram registrados 60 novos casos. Para efeito de comparação, foram 100 casos registrados em toda a semana anterior. Nas primeiras semanas do mês, e média semanal não passava de 40 casos. E também voltou a ser registrado um caso de óbito de paciente diagnosticado com coronavírus, o quê não ocorria fazia três semanas. A vítima foi uma idosa de 81 anos, com o município agora somando 181 mortes em decorrência da doença desde o início da pandemia.
Para evitar que o crescimento seja ainda mais acentuado, uma série de cuidados devem ser mantidos pela população. O uso do álcool gel, por exemplo, é uma ferramenta eficaz para a não transmissão de bactérias e vírus, como o Coronavírus.
O secretário da pasta, Rodrigo Streb, reforça que o esquema vacinal deve ser concluído, com todas as doses indicadas. “É fundamental que a população se vacine, completando o esquema indicado para cada faixa etária”, avalia Streb.
A testagem está sendo realizada em todos os postos de saúde e a orientação é de que, em caso de sintomas, as pessoas devem usar a máscara e procurar uma unidade para o teste. Crianças com sintomas ou com algum familiar que tenha positivado não devem frequentar a escola.
Ao contrário do que muitos pensam, quem já teve Covid-19 pode ser reinfectado. A preocupação dos profissionais da área da saúde é maior, na medida em que o outono e o inverno gaúchos são estações que tradicionalmente já acarretam no aumento da ocupação de leitos de hospitais e atendimentos em emergência, por problemas respiratórios.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here