Jovem que morreu afogado no rio será sepultado hoje no Pareci

A despedida de Luan Andrade da Silveira, de 18 anos, está prevista para a tarde desta sexta-feira, dia 23. Conforme a Funerária Hartmann, o velório acontece na Capela Mortuária Católica de Pareci Novo. Está programada missa às 17h30 na Igreja Matriz do município, seguida do sepultamento no Cemitério Católico do Pareci.

São muitas as homenagens e sentimentos de pesar que estão sendo postados nas redes sociais lamentando o falecimento de Luan, que era bastante conhecido e estimado. Estudante do Ensino Médio da Escola São Francisco, o rapaz já trabalhava numa empresa de sucos e estava feliz porque ia fazer sua carteira de habilitação, com planos de ser motorista como o pai e o irmão. Tinha completado 18 anos no último dia 2 de dezembro. Era apaixonado pelo grupo de caminhoneiros da Gang, do qual fazia parte. Gostava também de videogame e de jogar futebol com os amigos. “Era um menino de ouro, alegre e trabalhador. Difícil de acreditar”, comenta uma amiga.

Familiares e amigos estão consternados. Luan era filho de Jair José da Silveira e Maira Lenize Corrêa Andrade. Deixa também os irmãos Perla Roberta e Lucas, cunhado, sobrinho, demais parentes e muitos amigos. Justamente numa época que costuma ser de confraternização, os familiares estão vivendo este momento de profunda tristeza. Ontem ocorreu justamente o tradicional Natal Encantado na Praça dos Imigrantes, no centro do Pareci, próximo ao local em que aconteceu o afogamento.

No final da tarde, em torno de 17h, Luan estava com amigos junto da barranca do rio Caí, próximo da “Santinha” e do asilo das vovós. Conforme foi informado aos Bombeiros Militares de Montenegro, que atenderam a ocorrência, repentinamente ele acabou submergindo na água e não retornou mais para a superfície. Os bombeiros iniciaram o trabalho de busca com a utilização de barco e garatéia (gancho), sendo acionado também a Companhia Especial de Busca e Salvamento (CEBS), de Porto Alegre, que conta com mergulhadores. Mas com a garatéia os bombeiros montenegrinos conseguiram localizar o corpo minutos antes da chegada da CEBS. Foi feito então o isolamento por parte da Brigada Militar até o corpo ser encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com os bombeiros, o local do afogamento é profundo, de cerca de 6 metros.  Os Bombeiros alertam sobre os perigos do rio, açudes, arroios e outros locais, que podem oferecer riscos e ocasionar tragédias. E lamentavelmente as ocorrências de afogamentos costumam aumentar com a chegada do verão.

0 Comentários

Deixe um Comentário

2 × 3 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página