Hospital Schlatter realiza 85 cirurgias de catarata 

Doroti Gutheil Ludwig foi uma das beneficiadas pelo mutirão - Reprodução
Uma parceria entre a Secretaria de Saúde da Feliz e o Hospital Schlatter promoveu um mutirão de procedimentos de cataratas. Nesta etapa, iniciada em agosto, foram realizadas 85 cirurgias em pacientes do SUS, com um investimento total de R$ 148,3 mil neste ano de 2023. As cirurgias são realizadas pela oftalmologista, Juliana Moro, e sua equipe, no hospital felizense.
De acordo com a equipe da Secretaria da Saúde, os mutirões de cataratas existem há anos, mas, anteriormente, a demanda era menor. A contratação de procedimentos extras busca atender o crescimento no número de casos. Esta ação foi possível a partir de uma reorganização da pasta, na forma de administrar os recursos, direcionando valores remanescentes de outros projetos contratualizados pela Associação de Saúde de Feliz (ASAF) para a realização de procedimentos cirúrgicos.
Para fazer o procedimento, é realizado um mapeamento, feito em ordem cronológica, e também de acordo com a avaliação médica descrita nos laudos cirúrgicos. Além disso, a cirurgia conta com um benefício muito importante: o fato de poder ser realizado dentro da própria cidade, no Hospital Schlatter, sem necessidade de deslocamento do paciente.
Mutirão ocorreu através de parceria entre a Secretaria de Saúde da Feliz e o Hospital Schlatter
– Reprodução
“A realização da cirurgia nos pacientes, traz uma grande satisfação para toda equipe do Hospital, pois são pessoas da nossa comunidade que voltam a ver a vida com mais qualidade. Temos certeza que esta parceria entre município e Hospital, permitiu conceder o benefício de uma visão com qualidade. Todos os pacientes são especiais nesse dia, e ver a felicidade das pessoas sobre a perspectiva de voltar a enxergar é muito gratificante”, declara Renata Herzer Ludwig, diretora administrativa do Hospital Schlatter.
Segundo a secretária de saúde, Caroline Mortari, todo esforço realizado para viabilizar as cirurgias valem a pena quando se vê a felicidade das pessoas. “O nosso objetivo é ofertar o melhor em saúde para as pessoas. Todos os dias buscamos formas de promover o melhor a nossa população”, destacou, Caroline.
Felicidade de quem pode ver a vida de outra forma.
Para Doroti Gutheil Ludwig, dona de casa, realizar a cirurgia das cataratas possibilitou enxergar a vida de outra forma. Moradora do Roncador, ela aguardava a cirurgia desde o final de 2022, e realizava consultas em Farroupilha de forma semestral.
“Eu não perdia nenhuma consulta. Quando era agendada, sempre comparecia”, conta ela, que tinha dificuldades para enxergar de perto, e por isso usava óculos. No dia 1º de setembro, ela realizou o procedimento no Schlatter.
Enquanto que os pais de Doroti tiveram que fazer a mesma cirurgia em Porto Alegre, ela foi favorecida pela realização do procedimento dentro da própria cidade. “Achei até que tivesse que ir para Farroupilha fazer, mas é melhor poder realizar o procedimento aqui na cidade. Estou perto de casa, é mais rápido, podemos ir e voltar com algum familiar, porque a distância é curta. Tudo isso facilita muito. Fui de manhã para o hospital e de tarde já pude estar em casa”, relata.
Ela ainda deu elogios para toda a equipe do hospital, que a recebeu de forma acolhedora. “A equipe que me atendeu foi ótima. Agora, eu enxergo melhor a cada dia”, relata ela, que destaca a segurança e qualidade do atendimento da equipe do hospital.
Para ela, a ideia do mutirão é muito importante, por ajudar muitas pessoas que precisam do procedimento. “Lembro que, quando minha mãe e meu pai tiveram que fazer a cirurgia, levaram muito tempo para conseguir realizá-la. No meu caso, foi bem rápido”, destaca. Perguntada sobre o que mudou desde a realização da cirurgia, ela comemora. “Consegui abotoar uma camisa do meu marido e colocar a linha na agulha sem precisar dos óculos. Daí eu fiquei bem feliz”, relata Doroti.

0 Comentários

Deixe um Comentário

13 − 1 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página