Prefeito Zanatta acertou os detalhes da reativação do serviço com a delegada Cleusa Spinatto - Crédito: ACOM/Prefeitura

Em breve, a comunidade montenegrina voltará a usufruir os serviços do Posto de Identificação do Instituto Geral de Perícias (IGP), que funcionava junto ao prédio da FGTAS/Sine, na esquina das ruas Ramiro Barcelos e São João, ao lado da Praça Rui Barbosa. O antigo prédio, no centro, está interditado desde o dia 21 de outubro, por problemas estruturais. A FGTAS/Sine passou a funcionar provisoriamente desde 11 de dezembro na sala 6 da Estação da Cultura. Mas a emissão das carteiras de identidade continua suspensa em Montenegro, com as pessoas tendo de procurar outras cidades em busca do serviço.

Conforme o prefeito Gustavo Zanatta, que já vinha tratando do assunto antes mesmo de assumir o cargo, o problema deverá ser resolvido nos próximos dias numa ação conjunta entre Prefeitura, Delegacia Regional de Polícia e Conselho Pró-segurança Pública de Montenegro (Consepro). Na manhã desta sexta-feira, o prefeito conversou com a delegada Cleusa Spinatto sobre o assunto. Zanatta anunciou que a Administração Municipal será parceira na reforma da sala do antigo plantão da Delegacia, situada na rua José Luiz, do bairro Industrial, para receber o posto. A obra terá custo de aproximadamente R$ 2 mil e o dinheiro sairá do fundo mantido pelo Consepro. Foi feito um orçamento que inclui divisórias, instalações e reforma. Isso a princípio seria feito pelo Estado, que é o responsável pelo serviço, mas para agilizar a retomada está sendo feita uma mobilização.

O prefeito Gustavo Zanatta entende que a confecção das Carteiras de Identidade em Montenegro é um serviço essencial. “Não podemos permitir que a população seja obrigada a perder horas e horas indo para outras cidades, arcando com despesas de transporte e faltando ao trabalho”, afirma. A previsão é reativar o serviço em até 30 dias.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here