Crédito: Prefeitura

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou, na tarde desta segunda-feira, dia 11, mais um óbito registrado de paciente com coronavírus em Montenegro. A vítima, um homem de 77 anos, teve a confirmação pela Vigilância após testes laboratórios, clínico e/ou imagem realizados.

Montenegro apresenta atualmente 3025 casos positivos acumulados, sendo 1978 recuperados, 1008 em recuperação e 39 óbitos. Em relação ao boletim anterior, de quinta-feira, dia 7, são 115 novos casos confirmados.

Montenegro segue em bandeira vermelha, de risco alto, confirmada no mapa desta semana divulgado hoje do sistema de distanciamento controlado do Governo do Estado, podendo ser adotados protocolos de laranja devido a cogestão. Em razão do aumento no número de casos, internações e óbitos, é importante reforçar as medidas de prevenção, como de distanciamento, evitando aglomerações, além de uso de máscara, higiene e limpeza.

Preparação para a vacina

Ainda não há uma data certa para a chegada da vacina da Covid-19 no Estado e, principalmente, na cidade. Tampouco, qual dos imunizantes em fabricação será disponibilizado. No entanto, a Prefeitura de Montenegro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), está se antecipando e realizando todo o processo organizacional para, quando estiver disponível, a aplicação seja ágil e eficiente.

Reunião na Secretaria da Saúde tratou da estrutura para quando chegar a vacina
– Crédito: ACOM/Prefeitura

Essa foi a pauta de uma reunião realizada na última sexta-feira. A secretária Cristina Reinheimer conversou com a enfermeira responsável pelas Imunizações, Nicole Ternes, e com a coordenadora da Atenção Básica, Andreia Coitinho da Costa, para definir os primeiros passos da vacinação em Montenegro. Uma das ações que já está sendo desenvolvida pelo setor é a compra de insumos, como seringas, agulhas e algodão, via Consórcio Cis/Caí. A medida é uma forma de prevenção caso o Município não receba o quantitativo necessário destes materiais. “Estamos fazendo isso para que não ocorra a falta de materiais quando a vacina chegar”, ressalta Cristina.

Outra providência diz respeito ao processo organizacional de aplicação das doses. Neste momento, o setor está planejando a separação das equipes de trabalho. Serão, pelo menos, 12 servidores por equipe, divididos nas fases de registro, aplicação, controle e segurança. “Mesmo na aplicação temos, ainda, de manter os protocolos de distanciamento social”, enfatiza a secretária.

Neste momento, a SMS possui sete câmaras de vacinação normal para abrigar as doses. Elas permitem o acondicionamento dos imunobiológicos em temperaturas que vão de 2 a 8 graus. Não servem, portanto, para o uso caso os imunizantes liberados sejam os da Pfizer e Moderna, que requerem freezers que os mantenham a temperaturas de 70 graus negativos e 20 graus negativos. Neste caso, o governo do Estado deve fornecer os equipamentos.

Durante o encontro, também foi destacado que a Secretaria de Saúde fará a vacinação conforme as orientações do Ministério, tendo em vista que o município não tem autonomia para decidir a ordem dos grupos prioritários. Montenegro segue no aguardo de um informativo que será emitido pelo Governo Federal com estas orientações.

Para garantir a segurança de pacientes e funcionários, as vacinas contra a Covid não serão aplicadas nas Unidades de Atenção Básica do município para evitar aglomerações. Está em estudo a instalação de uma espécie de “drive thru” no Parque Centenário e algumas ações nos bairros. Para as crianças, no entanto, haverá um local específico. “Elas necessitam de um lugar diferenciado para receber a vacina”, ressalta a enfermeira responsável pelas Imunizações. No período de vacinação contra a Covid-19, as Unidades Básicas seguirão o seu atendimento eletivo normal.

Na reunião também ficou definido que todas as informações e detalhes da vacinação da Covid-19 serão repassadas, de forma imediata, para a população. Através da imprensa e das páginas da Prefeitura Municipal de Montenegro e do Setor de Imunizações nas redes sociais serão veiculados todos os detalhes que envolvem a campanha. “A população pode ficar tranquila que informaremos todos os detalhes sobre a aplicação das doses, locais e horários”, garante a secretária.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here