Caminhão dirigido por Marcio Hendges, de 48 anos, caiu num penhasco e ficou destruído - Reprodução/FN

Um motorista de caminhão, de Montenegro, foi vítima de grave acidente na manhã desta segunda-feira, dia 21. Conforme familiares, Márcio Hendges, de 48 anos, dirigia um caminhão no Chile, quando o veículo teria caído num penhasco e ele não resistiu aos graves ferimentos, vindo a falecer.

Acidente foi na manhã de hoje e a suspeita é que Márcio tenha tido um mal súbito
– Reprodução/FN

Segundo a irmã, Ana Paula, o irmão era montenegrino, mas atualmente estava trabalhando numa empresa de Uruguaiana, cidade em que mora seu pai e com quem foi trabalhar desde jovem. Trabalhava como caminhoneiro e estava voltando para casa, vindo do Chile para Montenegro, quando acabou sofrendo o grave acidente. Deixa três filhos, de 10, 18 e 22 anos, mais um enteado, pais, irmãs, além de demais familiares e muitos amigos.

Márcio Hendges era bastante conhecido e estimado
– Reprodução/FN

A suspeita é que tenha tido um mal súbito e o caminhão desgovernado acabou desabando no penhasco. Muito conhecido e estimado, Marcio Hendges é de família tradicional de caminhoneiros e por ter transportadora. Nas redes sociais já são várias as mensagens de pesar e homenagens ao montenegrino. “Ele adorava trabalhar para fora do país, pois havia trabalhado muitos anos na antiga transportadora do meu pais, sempre fazendo viagens internacionais. Respirava caminhão. Faleceu fazendo o quê amava”, diz a irmã, Ana Paula. “Foi um anjo, uma pessoa tão boa, com o coração enorme, um guerreiro” escreveu a prima Leandra Hendges.

Ainda não se tem previsão para a despedida. Após o resgate, deve ser levado para a Uruguaiana e depois para o velório e sepultamento em Montenegro. Familiares se deslocaram para o Chile para fazer o reconhecimento do corpo e trâmites para o para o translado, o quê pode demorar alguns dias.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here