Eduardo Schimia será sepultado nesta sexta-feira com muitas homenagens

O velório de Carlos Eduardo Ferreira, o “Schimia”, de 42 anos, está previsto para iniciar por volta de meia-noite, no Memorial São João, da Funerária Vargas. As homenagens de despedida vão acontecer a partir das 13h30 de sexta-feira, dia 17. E depois seguirá em cortejo, passando pela Secretaria Municipal da Saúde (Assistência), onde trabalhava, até o Cemitério da localidade de Porto dos Pereiras, local em que está programado o sepultamento às 15h30.

Serão muitas as homenagens ao motorista da Prefeitura de Montenegro que faleceu em acidente ocorrido no início da manhã da última quarta-feira. O automóvel Chevette, de cor amarela e ano 1977, de propriedade de Eduardo, já está na frente da capela mortuária. O Opala, ano 1987, que estava em sua garagem, também deve participar do cortejo. Eram os veículos que “Schimia” costumava levar nos encontros de carros antigos, uma de suas paixões.  Vários carros antigos devem participar, assim como veículos da Secretaria da Saúde, guincho e motoboys, onde também trabalhou.

Eduardo faleceu na colisão entre sua moto e um ônibus, por volta de 7h35min da manhã de ontem, quarta-feira, na Rua Celso Emílio Müller, a Via I, que liga o centro de Montenegro ao bairro Cinco de Maio. A Brigada Militar isolou o local para a realização de perícia e a Polícia Civil vai investigar as circunstâncias do acidente.

A esposa Letícia Ferreira suspeita que Eduardo pode ter sofrido um mal súbito antes da colisão. Ela lembra que no ano passado ele sofreu um enfarte e depois foi submetido a um cateterismo para colocação de stent. Desde então não estava mais levando pacientes para outras cidades, passando a atuar no transporte da equipe médica de atendimentos domiciliares. “

A Administração Municipal de Montenegro, através do prefeito Gustavo Zanatta e do vice-prefeito Cristiano Braatz, emitiu nota de pesar, ressaltando que o servidor público Carlos Eduardo Ferreira, o “Schimia”, trabalhava na Prefeitura desde janeiro de 2015, atuando como motorista da Secretaria Municipal da Saúde, função que o seu pai, José Ferreira, também havia exercido no município. “Eficiente e prestativo, Carlos Eduardo protagonizou uma trajetória de dedicação e de espírito público, que melhoraram a vida e o cotidiano dos colegas e daqueles que ajudou através de sua atividade profissional”, destacou a nota. A secretária municipal da saúde também lembrou o empenho, empatia e comprometimento de “Schimia”.

Morador do bairro São João, além da esposa Letícia, Eduardo deixa as filhas Maria Vitória e Helena, de 9 e 12 anos, enteados Juliana e Henrique, neta de coração Laura, irmãos, demais familiares, colegas e um incontável número de amigos. Nas redes sociais também são muitas as homenagens.

0 Comentários

Deixe um Comentário

16 − 14 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página