Deputada pede investigação sobre médica da Feliz

Luciana Genro (foto) questionou conduta da médica em ofícios enviados ao prefeito e Cremers - Crédito da foto: Paulo Garcia

A deputada estadual reeleita Luciana Genro (PSOL) enviou um ofício à prefeitura do município de Feliz a respeito da conduta de uma médica vinculada à Secretaria Municipal de Saúde. Segundo a deputada, a médica se manifestou nas redes sociais afirmando que iria “boicotar” pessoas que votaram no PT. Conforme destacado pela deputada, a profissional presta serviços ao Setor de Atenção Básica, ou seja, atende os mais variados pacientes em seu dia a dia. A denúncia também foi enviada ao Conselho Regional de Medicina do Estado (Cremers).

A parlamentar pede que seja aberto procedimento administrativo disciplinar, nos termos da lei, para apurar a denúncia e que, caso confirmada a autoria, a médica seja afastada das suas atribuições. Ainda, questiona se a Secretaria Municipal da Saúde já havia recebido denúncias acerca da médica e qual o andamento dos procedimentos a respeito.

A denúncia sobre a conduta da servidora foi enviada a Luciana por uma moradora da Feliz, que relatou que a médica trabalha num posto de saúde e que a administração municipal já teria sido informada sobre o caso. De acordo com a parlamentar, em uma postagem, a médica afirma que “[…] a minha cidade que teve alto percentual de votante no PT, ao que depender de mim todos serão boicotados e terão o meu repúdio”.  “Caso essa conduta seja confirmada, a situação é extremamente grave, pois trata-se de uma servidora municipal, da área da saúde, que tem a obrigação de tratar todos os pacientes de forma igualitária”, aponta Luciana Genro.

A deputada ainda destaca que a conduta seria uma violação do Código de Ética da Medicina, que defende que não haja discriminação por parte dos médicos com os pacientes, sob nenhum pretexto. Por isso o ofício foi encaminhado também ao (Cremers), para solicitar instauração de sindicância sobre o caso.

O presidente do Diretório Municipal do PT na Feliz, José Petry, também encaminhou ofício ao prefeito Junior Freiberger e o vice Jairo Nienow, pedindo a apuração do caso e devidas providências. Foram anexadas ao ofício imagens das postagens.

Mesmo com alguns termos e imagens ofensivos em suas redes sociais, numa das postagens a médica diz que deixa claro que seguirá com ética e respeito aos seus pacientes, tratando a todos com cordialidade e responsabilidade no exercício da profissão.

Em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura da Feliz, foi informado que a Administração Municipal já tinha conhecimento da denúncia. “Os fatos estão sendo apurados”, informou.

 

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

8 + 3 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página