Grande volume de chuva na Serra deixa Defesa Civil do Vale do Caí em alerta

Régua da CPRM mostra grande elevação do rio Caí em Caxias do Sul de ontem para hoje

O grande volume de chuva na Serra Gaúcha nas últimas horas está deixando a Defesa Civil, dos municípios do Vale do Caí, em alerta, monitorando o impacto que pode ter na região, já que o rio Caí vem subindo consideravelmente.

Em Caxias do Sul, a CPRM aponta que choveu 53,2 milímetros nas últimas 24h. Na régua em Nova Palmira (Caxias), o rio subiu de 91 centímetros ontem para 4m29cm neste sábado pela manhã às 9h45cm, já se aproximando da cota de inundação de 4m70cm. Já em Linha Gonzaga subiu de 1m48cm para 4m08cm, após chover 63,2 mm nas últimas 24 horas. Em junho passado, na enchente histórica do primeiro ciclone, chegou 3m83cm em Linha Gonzaga, ou seja, já está acima disso. E em Nova Palmira foi a 5m54cm em junho e agora está em 4m29cm. O problema é que continua chovendo e a previsão é de mais instabilidade.

Régua da CPRM mostra a elevação do rio no Caí

No Vale do Caí a situação ainda é tranquila. Entretanto, em São Sebastião do Caí o rio já subiu consideravelmente, de 4m96cm ontem para 7m20cm agora às 10h da manhã de sábado, já entrando na cota de alerta que é a partir dos 7 metros. Portanto, subiu quase 3 metros da noite de ontem para a manhã de hoje. Subiu 46cm na última hora. Para o coordenador da Defesa Civil caiense, Enio Santos, a chuva na Serra foi realmente considerável, mas a situação no Caí ainda é tranquila. Mesmo assim diz que segue monitorando. “Teremos uma melhor percepção no final do dia, quando a chuva da Serra deve chegar aqui e vamos ver o nível do rio”, completou. No Caí a cota de inundação é a partir dos 10m50cm.

Em Montenegro, o coordenador da Defesa Civil, Clóvis Pereira, diz que também está monitorando a situação. De ontem para hoje a régua da CPRM aponta que o rio subiu de 3m53cm para 3m90cm, se aproximando da cota de alerta que é a partir de 4 metros. A enchente em Montenegro inicia nos 6 metros. O volume de chuva em Montenegro nas últimas 24 horas foi de 24 mm.

Alerta do Inmet

A Defesa Civil do Estado emitiu mais um alerta sobre risco de temporal com chuva forte, descargas elétricas, eventual queda de granizo e vento forte. E para o risco de inundação do rio Caí. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também divulgou alertas quanto ao rico de temporais no Rio Grande do Sul, na cor laranja, que indica o nível intermediário de perigo.
De acordo com o Inmet, neste sábado, dia 7, são esperadas tempestades em áreas do Estado, com acumulados de chuva que podem chegar a 100 milímetros em 24 horas, além de ventos de até 100 km/h e risco de queda de granizo. O aviso vale para a Região Metropolitana de Porto Alegre, Serra Gaúcha e municípios do noroeste do Estado. Portanto, pode impactar também o Vale do Caí caso se confirme mais esse elevado volume de chuva na Serra. E tem ainda o represamento, com dificuldade para escoar a água devido a alta do rio Jacuí.
O Vale do Caí sofreu cinco cheias do rio desde o primeiro ciclone de junho, quando foi registrada uma enchente histórica, com grandes prejuízos na região. É o ano com mais enchentes dos últimos tempos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

15 + 11 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página