Festa de batismo de Ernesto Hunsche, em 1922, filho do médico Dr. Carlos Frederico Hunsche e Emma J. Trein. Além dos pais da criança - que estão ladeados pelo pastor Heinrich W. Hunsche e esposa - o titular da empresa Carlos H. Oderich, de São Sebastião do Caí (com o cachorrinho no colo) e sua mãe, Henriqueta Ritter Oderich (com o bebê no colo, à esquerda) e seu marido, Adolfo Oderich (atrás dela) e, ao lado deste, o pastor Karl Heinrich Oberacker, pai do conhecido historiador gaúcho de mesmo nome Foto do acervo Felipe Kuhn Braun

Carlos Frederico Hunsche, que era filho do pastor Hunsche, de Linha Nova, foi mandado para estudar na Alemanha. Lá, formou-se médico, profissão que desempenhou no Caí, durante décadas. Em 1915, já formado, ele havia voltado ao Brasil, mas foi convocado – através do Consulado Imperial Alemão de Porto Alegre – para prestar o serviço médico militar na Europa. Foi dolorosa a separação da família, mas ele cumpriu o que considerava ser o seu dever.

Mais tarde, nas suas memórias, Carlos Hunsche escreveu:

“Hoje penso de forma diferente e teria, provavelmente, agido de outra maneira. Na época, porém, a obediência era considerada uma obrigação, ainda que além de mares e continentes.”

Saiba mais sobre Carlos Frederico Hunsche

https://fatonovo.com.br/blogs/historias-do-vale-do-cai/carlos-henrique-hunsche/

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here