Médica cubana Brizaida Ramires é lançada como pré-candidata à prefeita pelo MDB em São Sebastião do Caí

Nome da médica cubana Brizaida Ramires foi lançado nesta semana em reunião do MDB como pré-candidata à Prefeitura - Crédito: Reprodução

Em reunião realizada no início desta semana, o MDB caiense lançou a médica cubana Brizaida Silot Ramires como pré-candidata à Prefeitura de São Sebastião do Caí na eleição de 6 de outubro deste ano. “Hoje ela é a nossa pré-candidata. Tem muita vontade de defender a população, que tanto a acolheu e gosta dela”, diz o presidente do partido, Fernando Cofferri, o “Dente”.

A doutora Brizaida, como é conhecida, colocou o seu nome à disposição, sendo bem aceita pelos integrantes do MDB. Cofferri diz que outro nome lembrado, do ex-prefeito Darci Lauermann, deverá coordenar a campanha. E que deve ser formada uma ampla frente de oposição, integrada por vários partidos. E de uma destas siglas deve ser indicado o nome do candidato a vice. “Estamos abertos, conversando com todo mundo, inclusive partidos que integram o atual governo”, afirma Dente. Cada partido também pode lançar até dez candidatos a vereador. As convenções, que vão definir os candidatos à Prefeitura e Câmara de Vereadores, vão ocorrer de 20 de julho a 5 de agosto. E o registro das candidaturas deve ocorrer até 15 de agosto, sendo que no dia seguinte inicia a campanha eleitoral.

Pré-candidatura da médica Brizaida Ramires foi lançada nesta semana em reunião do MDB
– Crédito: MDB

Fernando Cofferri destaca a aposta em mudança. Ressalta que São Sebastião do Caí nunca teve uma prefeita. Deverá ser até algo inédito no Estado e no país o fato de uma médica cubana concorrer para a Prefeitura. “Queremos algo diferente, com uma candidata que nunca transitou no meio político e que tem grande carisma e simpatia com o povo. Ela gosta de cuidar das pessoas e isso é muito importante”, considera o presidente do MDB, sobre a aposta do partido que por muitos anos esteve no comando da administração municipal e busca retomar ao Executivo.

“Novos horizontes”

Natural de Cuba, onde nasceu em 1987, Brizaida Silot Ramires já atuou como médica em vários países até chegar ao Brasil em 2014. Com título revalidado pela UFRGS e especialista pela AMB, atua em área pública em posto de saúde e emergência hospitalar, além de na área privada. Após passagem pelo Vale Real, foi diretora técnica do hospital em Portão, pediatra da UPA de Sapiranga e teve atuação em corpo clínico de hospitais de Estância Velha e de São Sebastião do Caí. Atualmente atua também nos hospitais de Montenegro e Triunfo. “Sou viciada em trabalho e mãe da Antonella”, diz a médica, que mora em São Sebastião do Caí há mais de sete anos.

Sobre ter se lançado como pré-candidata à Prefeitura, Brizaida lembrou a situação de calamidade que vive o Caí após as inundações, além de considerar que faltam projetos para saneamento básico, meio ambiente, planejamento e desenvolvimento econômico. Além de não ter medidas para conter as enchentes, cita os prejuízos com relação a instalação do pedágio e sem melhorias na área da saúde. “Vamos buscar novos horizontes, com uma condição econômica viável para o comércio e o cidadão caiense, além de projetar novos serviços na saúde, projetando o Caí como referência na região”, declara. Nas últimas semanas, lembra que vem fazendo um trabalho humanitário, juntamente com voluntários, oferecendo consultas gratuitas e medicamentos, com tendas montadas em bairros atingidos pelas enchentes. “Já votei em São Sebastião do Caí nas eleições passadas. E agora espero fazer mais do que isso”, conclui.

Prefeito é pré-candidato natural à reeleição

Na situação ainda existe certa cautela no anúncio de pré-candidaturas. “O prefeito Júlio Campani é o pré-candidato natural do partido. Devemos ter a definição somente por ocasião da convenção”, afirma o presidente do PSDB, Maiquel Kniest. Ele diz que ainda não está marcada a data da convenção. “Não houve ainda uma reunião para definições, pois com a catástrofe que estamos ainda vivendo não houve tempo para questões políticas, mas acredito que até o início de julho teremos definições”, completa Kniest, que também é secretário municipal da agricultura, sobre o fato de ter priorizado o atendimento aos atingidos pelas inundações. Maiquel Kinist acredita que deve ser formada uma ampla aliança de situação. “Os partidos naturais são os que já compõem a administração, que são PSDB, PL e PP. Tem mais partidos manifestando apoio para o próximo pleito”, declarou.

Atual prefeito Júlio Campani (PSDB) e vice Mozar Hoff ainda não confirmaram pré-candidatura à reeleição, mas é a tendência natural
– Crédito: Reprodução

O atual vice-prefeito, Mozar Hoff, que deixou o PTB e se filiou ao PL, ainda no ano passado manifestou o seu desejo de repetir a chapa. “Estamos conversando sobre a possibilidade, pois esta parceria vem dando muito certo”, declarou, em agosto de 2023, sobre a vontade de concorrer ao mesmo cargo, ao lado do prefeito Júlio Campani. Já agora Mozar declarou que não tem nada definido. “Estamos aguardando os partidos para uma reunião”, afirmou.

Já o prefeito Júlio Campani não respondeu se pretende concorrer novamente. Ele foi eleito em 2020 com 8.280 votos (62,95%), derrotando o ex-prefeito Darci Lauermann (MDB) que obteve 4.874 votos (37,05%).

0 Comentários

Deixe um Comentário

dez + oito =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página