Homem que morreu atropelado na BR 386 morava na Rua Nova

Dalbert da Silva Schermack tinha 43 anos - Reprodução/FN

Foi identificado como Dalbert da Silva Schermack, de 43 anos, o homem que morreu atropelado na noite da última sexta-feira, dia 16, na BR 386, em Montenegro. Ele era morador de Rua Nova, localidade em que aconteceu o acidente. “Era uma ótima pessoa e estava sempre disposto a ajudar todo mundo”, escreveu Brenda Dias, que conhecia a vítima.

O acidente ocorreu por volta de 23h50min na altura do quilômetro 416 da rodovia, em Rua Nova. De acordo com os primeiros levantamentos realizados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), a motorista de um automóvel Golf, com placas de Montenegro, trafegava no sentido capital-interior, quando acabou sendo surpreendida por um pedestre que andava sobre a faixa de rolamento. A motorista não conseguiu frear a tempo, ocorrendo o atropelamento. O pedestre morreu no local. A motorista não teve ferimentos.

A equipe da PRF isolou o local até a chegada da perícia e posterior remoção do corpo e do veículo. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), em Porto Alegre, para a necropsia. A Polícia Civil será a responsável por investigar os fatos.

É a segunda morte por atropelamento no mesmo trecho em menos de três semanas.

0 Comentários

Deixe um Comentário

dois × três =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página