Câmara de Montenegro abre processo em pedido de cassação contra vereador Juarez Vieira da Silva

Comissão processante terá até 90 dias para concluir relatório que será votado pelos vereadores

Por 6 votos a 3, a Câmara Municipal de Montenegro decidiu pela abertura de processo na denúncia contra o vereador Juarez Vieira da Silva (Republicanos). A sessão ordinária aconteceu na noite desta quinta-feira, dia 27.

Além de Juarez, Ana Paula Machado (Podemos) e Sérgio Souza (MDB) votaram contra, enquanto Paulo Azeredo (PSDB), Gustavo Oliveira (PP), Ari Müller (PP), Valdeci Castro (Republicanos), Cristian Souza (Republicanos) e Felipe Kinn (MDB) foram favoráveis a abrir o processo de acusação de quebra de decora parlamentar. O presidente da Câmara, Talis Ferreira (Podemos) não vota este tipo de matéria.

A comissão processante terá como presidente Felipe Kinn e como relatora Ana Paula, e mais Paulo Azeredo como membro. Os trabalhos devem ser concluídos em até 90 dias, quando será apresentado relatório que será votado pelos vereadores.

Elisa Fukuoka, presidente do PSDB, protocolou o pedido de cassação

O pedido de cassação foi protocolado na tarde da mesma quinta-feira, pela presidente do PSDB, Elisa Fukuoka. A solicitação foi baseada em dois vídeos que foram gravados pela Brigada Militar, no local das apreensões de cesta básicas, em 12 de junho, no bairro Aeroclube.

O vereador Juarez se disse tranquilo com o resultado para a abertura de processo. “Respeito a decisão e vamos trazer testemunhas que vão esclarecer os fatos”, declarou.

Vereador Juarez diz que está tranquilo e tudo será esclarecido

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

dois × quatro =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página