Brigada apreende drogas e faz prisão por posse de arma em bar da Conceição

A Equipe da Força Tática da Brigada Militar, juntamente com mais duas viaturas, durante operação Hoplitas, no final da tarde de ontem, sexta-feira, dia 2, em torno de 18 horas, realizou abordagem em um bar no bairro Conceição, em São Sebastião do Caí. Conforme a BM, havia denúncias de que no local indivíduos estariam vendendo drogas.

De acordo com a Brigada, foi localizado no balcão do estabelecimento, dentro de uma caixa com sachês de tempero, um revólver calibre 32 municiado com 6 munições intactas. A dona do bar informou que a arma era de propriedade do seu marido, o qual chegou depois e que confirmou que o revólver era seu. Com outro indivíduo foram localizados R$ 3.292. Segundo a BM, ele não soube informar a procedência do dinheiro. Sobre a venda de drogas, a comerciante alegou que seria o indivíduo que estava com o dinheiro quem estaria vendendo na frente do bar sem o seu consentimento. Em seu bolso os PMs encontraram mais duas porções de maconha. E durante a abordagem, segundo a guarnição, ele recebeu várias mensagens por whatsapp e ligações, de usuários, que desejavam comprar tóxico. Na sua casa, que fica próximo ao bar, os PMs encontraram diversos materiais para embalar drogas, mas não foram localizados entorpecentes.

Foi apreendida uma quantidade de maconha e material usado para embalar entorpecentes
– Crédito: BM

Três envolvidos na ocorrência foram encaminhados ao Hospital Sagrada Família, do Caí, para laudo médico. Conforme a Brigada, a comerciante solicitou para ir ao banheiro do hospital, sendo que durante ocorrência realizada por uma PM foi encontrada uma porção de maconha em suas vestes. Após todos foram levados para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro. Segundo a Brigada, a mulher já tinha antecedentes por ameaça e posse de entorpecentes. Já seu marido por ameaças e crueldade contra animais. E o outro indivíduo por ameaça, tráfico e posse de drogas.

Na DPPA foi lavrada a prisão em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, sendo estipulada fiança de R$ 1,500, a qual após o pagamento deu o direito do acusado responder ao processo em liberdade.

0 Comentários

Deixe um Comentário

três + 18 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página