Câmara de Bom Princípio aprova reajuste ao prefeito, secretários e servidores, deixando de fora os vereadores

Sessão extraordinária ocorreu na manhã de ontem com a votação de vários projetos - Crédito: Câmara de Vereadores

A Câmara de Vereadores de Bom Princípio realizou uma sessão extraordinária na manhã de ontem, segunda-feira, dia 23, para votar projetos enviados pelo executivo e do próprio legislativo. Participaram os nove vereadores, mesmo em período de recesso. Alguns dos projetos foram aprovados por unanimidade, mas outros dividiram opiniões, recebendo votação contrária dos quatro vereadores de oposição.

Entre as propostas, foi aprovado, com unanimidade, o projeto de fomento de parceria de R$ 55 mil, para a Associação Cultural Recreativa Santa Cecília. O mesmo será utilizado para a reforma de três banheiros, adequação e reforço da rede elétrica da cozinha e secretaria da sede da entidade. Já a contratação de 30 profissionais em caráter emergencial e por tempo determinado, para 40 horas semanais nas escolas da rede municipal, recebeu votos contrários dos quatro vereadores do MDB, que defenderam a realização de concurso para preenchimento das vagas. Mas os cinco vereadores de situação aprovaram o projeto, alegando a necessidade de mais profissionais, principalmente para atender alunos com necessidades especiais. Também por maioria simples de 5 a 4 teve aprovação o projeto que extingue dez e cria nove cargos em comissão, alterando o padrão de vencimento de cargos efetivos na Prefeitura.

Em outro projeto, os vereadores de oposição se manifestaram contra o reajuste de salários dos vereadores, inclusive defendendo o fim do décimo-terceiro. O presidente da Câmara, Renato José Krewer (PSDB), sugeriu uma emenda retirando o reajuste dos salários dos vereadores e mantendo a reposição da inflação apenas aos servidores da Câmara, a qual foi aprovada por unanimidade. Já o projeto que tratava sobre a revisão geral anual da remuneração dos servidores municipais da Prefeitura, ativos, inativos e pensionistas, foi aprovado por todos. A reposição de valores será na ordem percentual de 6,79% com vigência a contar de 1º de janeiro de 2023. Isso significa que o acréscimo nos salários já estará vigorando no salário de janeiro deste ano.

O último projeto votado na manhã de ontem foi aprovado por maioria simples (5 a 4). Esse tratava da reposição das perdas inflacionárias aos subsídios do prefeito, do vice-prefeito e dos secretários municipais do município de Bom Princípio.  Os vereadores de oposição foram contrários a reposição, mas os de situação aprovaram.

A próxima sessão ordinária da Câmara Municipal ocorrerá no dia 6 de fevereiro, onde às 18h, com a instalação do ano legislativo, terá a manifestação do prefeito Fábio Persch.

0 Comentários

Deixe um Comentário

12 + três =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página