Resgate de sementes crioulas foi pauta de evento em São Pedro da Serra

Crédito: Emater/Divulgação

Aproximadamente, 70 pessoas participaram do Encontro para Resgate de Sementes Crioulas, realizado na última quinta-feira, no Centro Comunitário de São Pedro da Serra. A iniciativa buscou promover integração e aprendizado sobre a importância da saúde e da segurança alimentar.

Na ocasião, os participantes puderam trocar mudas, raízes e sementes de plantas medicinais, de flores antigas e de cultivos ancestrais diversos de milho, feijão, pipoca, amendoim, moranga, aipim e outras. O encontro também contou com feiras de agricultura familiar, de artesanato e de turismo, além de palestras com os temas “Alimentação, exercício físico e hábitos do cotidiano: influências no equilíbrio do corpo e da mente”, ministrada professora do Instituto Federal de Feliz, Viviane Treichel, e “Importância da preservação das sementes crioulas ou tradicionais”, pelo extensionista da Emater/RS-Ascar Marcos Schäfer.

Schäfer salientou o significado da manutenção das sementes na mão dos agricultores familiares, o que garante produção limpa de alimentos, proteção ao meio ambiente, manutenção do patrimônio genético e cultural e segurança e soberania alimentar. “Além do estímulo a uma relação de confiança entre quem cultiva e quem consome”, reforçou.

O evento foi promovido pela Emater/RS-Ascar e pela prefeitura de São Pedro da Serra, com apoio da cooperativa Sicredi.

0 Comentários

Deixe um Comentário

9 − 3 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página