Novo diretor do HM Regional projeta mais especialidades e serviços

Jeferson Santos: “temos muito a avançar”

Novo diretor executivo do Hospital Montenegro (HM Regional), Jeferson Alonso dos Santos falou do desafio de coordenar a maior casa de saúde da região, que tem 92 anos de história e credibilidade. “Conheço o HM faz muito tempo. É um centro regional e um dos hospitais mais reconhecidos no Estado”, elogiou, agradecendo ao convite da Ordem Auxiliadora das Senhoras Evangélicas (OASE), entidade mantenedora da instituição.

O novo diretor executivo tem a experiência de mais de 20 anos em gestão hospitalar, tendo atuado em hospitais de municípios como Veranópolis, Rio Grande, Sapucaia do Sul e Triunfo. O seu currículo inclui também pós-graduação em gestão hospitalar, graduação em gestão financeira e MBA de gestão de projetos.

Hospital Montenegro: 92 anos salvando vidas

Jeferson ressaltou que o momento é de análise para ver a atual situação do HM. Não escondeu a preocupação com a situação financeira, em razão da queda nos repasses. Por isso frisou que será feita uma busca por captação de mais recursos. “Vamos montar um planejamento estratégico, plano diretor e definir o rumo do HM”, lembrando que o hospital possui 140 leitos e cerca de 520 colaboradores, atendendo 14 municípios que somam mais de 200 mil pessoas. “Temos que pensar o hospital para a frente”, projeta.

O novo diretor revelou que existem negociações em andamento para o atendimento de pacientes do IPE. Também já estão sendo prestados atendimentos pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS/Caí), em parceria com os municípios da região. Isso sem deixar de ser portas abertas através do 100% SUS. “Temos que buscar rentabilidade ao hospital, com mais investidores e parcerias”, afirma. E com isso entende que poderão ser oferecidos mais serviços para a população.

Pronto Socorro Regional foi inaugurado no ano passado

Recentemente o HM inaugurou o seu Pronto Socorro Regional e também voltou a ser referência em traumatologia de média complexidade. “Estamos encaminhando a busca de mais especialidades”, frisa. Lembrou que o novo Centro Obstétrico está em obras, no quarto andar. “Está bastante adiantado, mas faltam muitos recursos para a conclusão, além de ter que equipar e mobiliar”, declara. “Temos muito o que avançar”, completa, sobre a possibilidade de instalação de centro de oncologia para o tratamento de câncer, além de para tratamento de hemodiálise, tomografias e outros serviços. Destacou que o hospital tem equipamentos novos e modernos, como tomógrafo, podendo ter também um Centro de Imagens. E agradeceu o apoio que a instituição sempre recebeu de empresas e da comunidade, através de campanhas e gestos de solidariedade “Estamos abertos para conversar com todos”, finalizou.

 

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

dois × 3 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página