Ex-prefeito e vereadores colocaram nomes à disposição para concorrer em 2 de outubro - Reprodução/FN

Montenegro, mais uma vez, deve ter vários candidatos a deputado estadual. A divisão de votos pode dificultar que Montenegro e a própria região volte a ter representante na Assembleia Legislativa.

O último montenegrino eleito deputado estadual foi Paulo Azeredo (PDT), que atualmente é vereador e é novamente pré-candidato a deputado estadual, cargo que exerceu por cinco mandatos. Outro vereador, o atual presidente da Câmara Municipal, Talis Ferreira, também é pré-candidato a deputado estadual, pelo Progressistas. E mais dois pré-candidatos de Montenegro estão no mesmo partido.

A vereadora Camila Carolina de Oliveira informou que é pré-candidata a deputada pelo Republicanos. Em vídeo divulgado na última segunda-feira nas suas redes sociais, Camila é lançada pelo deputado Tenente Coronel Luciano Zucco, o qual foi o mais votado na última eleição e agora pretende concorrer a deputado federal. “Montenegro precisa e merece ter representante na Assembleia Legislativa, para buscar recursos e melhorias”, afirmou Camila.

Quem está no Republicanos e inclusive foi candidato a prefeito na última eleição de 2020 é Percival Souza de Oliveira. Prefeito por dois mandatos, além de vereador e assessor parlamentar, Percival diz que a princípio é candidato a deputado estadual. Informou que nesta semana deve conversar com o presidente estadual do partido para tomar uma decisão.

As candidaturas para deputado estadual, assim como para deputado federal, senador, governador e presidente da República, serão homologadas somente nas convenções dos partidos, previstas para ocorrerem entre 20 de julho e 5 de agosto. Só então os nomes dos candidatos estarão oficializados e poderão iniciar a campanha para as eleições de 2 de outubro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here