Três registros de violência contra mulheres no mesmo dia, na Feliz, vão parar na DPPA

Os casos de violência doméstica, de agressões e ameaças contra mulheres, continuam ocorrendo em grande número na região. Só de ontem para hoje, terça-feira, foram registradas na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro, três ocorrências, todas no município da Feliz, enquadradas na Lei Maria da Penha, sendo que uma ocasionou prisão em flagrante.

Uma delas foi na localidade de Bananal, por volta das 8h da manhã de ontem, segunda-feira, onde a Brigada foi informada por uma moradora e sua filha de que um indivíduo estaria ameaçando colocar fogo na casa. Elas também informaram que ele estava desde sexta-feira as impedindo de se aproximar da geladeira e de lavar roupas. Os PMs tentaram conversar com o indivíduo, mas citam que ele ameaçou cometer suicídio com uma faca. O Samu foi acionado e uma das atendentes, que conhecia o indivíduo, conseguiu convencê-lo a ser encaminhado ao hospital. Porém, se negou a ser medicado e nenhum parente se responsabilizou pela sua internação. De acordo com a guarnição, estava agressivo, tendo de ser algemado e encaminhado para a DPPA, onde as mulheres informaram que desejam representar contra ele. Segundo a Brigada, ele já tinha antecedentes por ameaças, vias de fato e perturbação.

Outra denúncia, no final da tarde de ontem, em torno de 18h20, foi no Vale do Hermes, também na Feliz. Uma moradora relatou que o companheiro fica agressivo quando usa drogas. Teria lhe puxado o cabelo e cuspido em seu rosto, além de ofender sua mãe. O indivíduo negou as acusações, alegando que houve apenas uma discussão. A filha do casal, ainda bebê, fiou aos cuidados do Conselho Tutelar, enquanto o casal foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Montenegro.

0 Comentários

Deixe um Comentário

1 + 3 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página