Secretaria Municipal da Saúde vai investir R$ 1 milhão no mutirão de cirurgias - Crédito: Prefeitura
Em uma reunião realizada na última terça-feira, dia 14, por solicitação do presidente da Câmara de Vereadores, Talis Ferreira (PP), sobre as ações feitas pela secretaria municipal da Saúde foram abordadas as questões que envolvem a realização das cirurgias gerais, atendimentos pediátricos, agendamentos e funcionamento da farmácia.
Entre as boas notícias, segundo o secretário da saúde, Rodrigo Streb, está a realização de um mutirão de cirurgias, endoscopias e colonoscopias feitas pelo município. “Estamos finalizando as tratativas com as casas de saúde para realizar estes procedimentos. Vamos investir quase R$ 1 milhão, de um valor que vem do Governo do Estado, para fazer esses atendimentos tão aguardados pela população”, destacou.
Vereador Talis Ferreira teve reunião com o secretário da saúde Rodrigo Streb
– Crédito: Câmara de Vereadores
Mil quatrocentas e nove pessoas estão na fila de espera aguardando por cirurgias e exames de endoscopias e colonoscopias. Os procedimentos vão ser realizados em cidades como Portão e São Sebastião do Caí. “Com este mutirão vamos reduzir consideravelmente esta lista de espera”, ressaltou Camila Anversa, enfermeira da SMS.
Pediatria
A falta de atendimentos pediátricos, aos fins de semana e à noite, também foi discutida. Hoje as consultas, desta especialidade, estão sendo feitas por uma médica na parte da manhã na SMS e em dois dias, terças e quintas, no ESF 1 – Germano Henke e ESF 2 – Senai, por outro médico.
A ideia, segundo Streb, é ampliar este atendimento assim que possível também aos fins de semana. “Sabemos da demanda nesta área e criança não escolhe dia para ficar doente. Estamos na corrida para conseguir este profissional. Temos uma, mas dependemos ainda da finalização da residência dela para a ampliação dos atendimentos”, ressaltou.
Atendimento telefônico
Outro ponto abordado foi a demora no atendimento telefônico. Hoje o município tem apenas uma linha que centraliza todas as chamadas feitas pela população. Em maio foram 21 mil atendimentos. Mas isso também deve mudar. Em resposta ao vereador Talis, Streb disse que o município está contratando 38 novas linhas telefônicas que vão desafogar estes atendimentos. “Quando a pessoa liga e não consegue ser atendida isso ocorre por que temos apenas essa linha para marcação. Mas vai melhorar”, garante Rodrigo.
Além do atendimento telefônico, Streb destacou outra situação que vem preocupando a SMS. O não comparecimento das pessoas às consultas agendadas. No último mês foram 927 faltas. Ao deixar de comparecer, no dia agendado, a pessoa acaba tirando a chance de outro ser atendido.
Horário da Farmácia
Sobre o funcionamento da farmácia, em resposta ao questionamento feito de o porquê não estar funcionando após as 16h30m, Streb destacou que a SMS vai ampliar o horário até às 20h neste primeiro momento e, na sequência, até às 22h, assim como ocorre no PAM. “Nossa preocupação está, justamente, com aqueles pacientes atendidos após às 17h que não tem como se deslocar até o centro para pegar a medicação. Eles acabam tendo de esperar até o outro dia e isso prejudica ainda mais a saúde. Então vamos ampliar o horário para melhor atender estas pessoas”, frisou.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here