Morre o ex-prefeito Luiz Américo Alves Aldana, o “Paraguaio”

Aldana tinha 63 anos e teria sofrido um infarto em Montenegro - Reprodução/FN

O ex-prefeito de Montenegro, Luiz Américo Alves Aldana, o “Paraguaio”, faleceu na tarde deste domingo, dia 31 de outubro.

Conforme informações de conhecidos, Aldana estava em Montenegro, quando foi encontrado sem vida na casa de familiares. Teria sofrido um infarto. Com 63 anos, trabalhava como tabelião no cartório da cidade de São Roque, em Minas Gerais. Natural de São Gabriel, atuou em Montenegro também no cartório do pai. O amigo e ex-secretário municipal Beto Silveira, ao ser procurado pela reportagem, disse que não tinha conhecimento do falecimento de “Paraguaio”. Mas ao fazer contato com familiares, confirmou e lamentou muito a perda do amigo que, além da política, era conhecido pela atuação na música, como cantor e compositor.

Além da política, Paraguaio era conhecido pela atuação na música – Reprodução/FN

Segundo Beto, Aldana estava em Montenegro nos últimos dias, aproveitando inclusive para rever os amigos e familiares, incluindo as três filhas. E também para realizar exames médicos. EM 2017, durante o processo de impeachment que resultou em seu afastamento da Prefeitura, já alegou problemas cardíacos para não prestar depoimento na Câmara de Vereadores. Na ocasião foi submetido a uma angioplastia para combater a obstrução de artérias.

Também em 2017 Aldana tinha sido afastado pela Justiça durante a Operação Ibiaçá. Tentou voltar ao cargo através de recurso e buscando anular o processo de impeachment, mas não obteve êxito. Em seu lugar assumiu o vice-prefeito da época, Carlos Eduardo Müller, o Kadu. Desde então Aldana vinha trabalhando no cartório em São Roque (MG), onde passou em primeiro lugar no concurso público em 2012 para os delegatários de serviços notariais e de registro de cartórios mineiros. Em 2012 ele tinha sido eleito vice-prefeito na chapa encabeçada pelo ex-deputado Paulo Azeredo. Com o impeachment de Azeredo em 2015, assumiu a Prefeitura. E no ano seguinte foi eleito prefeito.

O ex-prefeito, além de grande conhecedor da área jurídica e da política, era muito conhecido pela atuação na música, com canções como “Nos Caminhos de Ibiá” e interpretações de músicas gaúchas e latinas.

Nota de pesar
A Administração Municipal, na pessoa do prefeito Gustavo Zanatta, manifesta seu pesar pela morte do ex-prefeito Luiz Américo Alves Aldana, neste domingo. Ex-presidente do Conselho Municipal de Educação e ex-secretário Municipal de Educação, Aldana foi vice-prefeito de janeiro de 2013 a maio de 2015, quando assumiu o governo. No ano seguinte, foi reeleito. Ele comandou o Executivo até agosto de 2017. Atualmente, era titular de um Cartório de Registro de Imóveis em Minas Gerais, cargo que também ocupou em Montenegro. O prefeito Zanatta vai decretar luto oficial de três dias na cidade.

0 Comentários

Deixe um Comentário

um × 3 =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página