Montenegro está em alerta contra o Aedes aegypti - Crédito: Prefeitura
Ontem,a terça-feira, 1º de junho, a Vigilância Sanitária confirmou mais um caso de Dengue na cidade de Montenegro. A paciente é uma mulher, de 62 anos, moradora do bairro Germano Henke (Promorar). O primeiro caso, notificado no dia anterior, foi de outra moradora que reside no mesmo quarteirão.
A Secretaria Municipal de Saúde continuará realizando o monitoramento na cidade e, principalmente, dentro do bairro. Além disso, o setor seguirá reforçando o pedido para a eliminação dos criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da doença. A Vigilância Epidemiológica já está promovendo vistorias nas residências no entorno para eliminação de focos do mosquito transmissor e orientação aos moradores. De acordo com a enfermeira da Vigilância, Patrícia Barros, é importante também tomar cuidados ao sair da cidade. “Como outros municípios próximos já apresentam muitos casos de Dengue, é importante que sempre que a pessoa sair da cidade, faça o uso do repelente”, orienta.
Patrícia também atenta para os sintomas iniciais da doença: febre alta (39° a 40°C) de início repentino, que geralmente dura de dois a sete dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos e erupções cutâneas. Também é comum ocorrerem náuseas e vômitos, que resultam em perda de peso. Caso alguém tenha esses sintomas, procure o posto de saúde mais próximo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here