Cartazes estão sendo colocados nos estabelecimentos - Crédito: ACOM/Prefeitura

O fechamento do comércio durante a vigência da chamada Bandeira Preta tem causado prejuízo e demissões, mobilizando os lojistas a pressionarem os governos para a volta da flexibilização. Desde a última semana, com o retorno do modelo de cogestão entre governo do Estado e municípios, as lojas voltaram a abrir as portas, com regras específicas de horários e protocolos de higiene e segurança, evitando aglomerações.

A Prefeitura de Montenegro, em parceria com a Associação Comercial, Industrial e de Serviços Montenegro Pareci Novo, a Câmara de Dirigentes Lojistas, o Sindilojas e o Sindocomerciários, está realizando a campanha “Todos contra o Covid-19”. Na última semana equipes do setor de combate às endemias, liderados pela chefe da Vigilância em Saúde, Silvana Schons, visitaram diversas lojas no centro da cidade. O grupo convidou os comerciantes a participarem da campanha, colando cartazes que manifestam apoio e o cumprimento dos protocolos de prevenção definidos pela Secretaria Municipal de Saúde.

O prefeito Gustavo Zanatta e o vice-prefeito, Cristiano Braatz, também participaram da ação, entregando pessoalmente cartazes e reforçando a importância de todos seguirem as regras.  “Queremos que o comércio possa permanecer aberto, somos parceiros para isso. Só que temos que ser rigorosos para evitar aglomerações e todos usarmos máscaras e álcool gel, para garantir que as lojas fiquem abertas sem causar explosão no número de infectados”, explicou Zanatta aos comerciantes. Logo após a entrega dos cartazes, a maioria das lojas já afixou os materiais nas vitrines e paredes, apoiando a campanha.

Dia D

Ainda na quinta-feira passada, dia 25, tiveram continuidade as ações do Dia “D” contra o coronavírus. Servidores da Prefeitura Municipal de Montenegro realizaram uma atividade de conscientização sobre os perigos da Covid-19 em duas localidades do interior de Montenegro: Muda Boi e Rua Nova.

Localidades do interior receberam ações do Dia D
– Crédito: ACOM/Prefeitura

A ação foi idealizada pelo Gabinete de Crise e desenvolvida pelas secretarias da Saúde (SMS), Gestão e Planejamento (SMGEP), Habitação, Desenvolvimento Social e Cidadania (SMHAD) e Educação e Cultural (SMEC). A atividade levou informações e orientações para a população montenegrina, com o intuito de gerar uma mudança de comportamento na comunidade para evitar a proliferação do vírus. Durante o Dia “D”, grupos pequenos de servidores realizaram a entrega de máscaras à população e muitas pessoas ainda foram orientadas a colocar o acessório e a respeitar os protocolos sanitários e de distanciamento. Em alguns casos, os servidores e servidoras forneciam até álcool em gel para quem estava na rua.

Uma das pessoas que foram abordadas é a moradora de Muda Boi, Zeneida da Rocha Rosa. Ela já estava a par de todos os protocolos sanitários e colocou em frente à sua casa um suporte com álcool em gel, para que quem entrasse pudesse higienizar as mãos. De acordo com o diretor de Assistência Social e Cidadania, Dieimeson Alves, ações como a da dona Zeneida são louváveis, pois ajudam no combate à Covid. “Se todos tivessem esse tipo de atitude, a situação não estaria tão preocupante”, enfatiza.

O diretor ainda destaca que as pessoas são muito receptivas com os voluntários e profissionais. A maioria sabe as informações que recebem das mídias sociais. “Todavia, estar junto à população mostra que o município está tratando com seriedade a prevenção à Covid 19”, salienta. Dieimeson considera que as atividades, nas duas localidades, foram muito positivas. “A maioria está bem por dentro do assunto Covid. Algumas, inclusive, já fizeram a vacina”, destaca.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here