Projeto Social faz a doação de 160 livros para escola do Caí

Escolas de escolas de Bom Princípio, Feliz, São Vendelino e Alto Feliz, também através da Madesa - Crédito: Divulgação

O projeto Nossa Biblioteca vai beneficiar escolas do Vale do Cai. Na tarde desta quarta-feira, dia 14, a EMEF São José, de São Sebastião do Caí, vai receber a doação de 160 livros, através do patrocínio da empresa Madesa. Além da entrega, terá a contação de histórias para as crianças. No Vale do Caí ainda devem ser beneficiadas escolas de Bom Princípio, Feliz, São Vendelino e Alto Feliz, também através da Madesa.

O hub de projetos Nossa Biblioteca, criado pela CLIC, empresa de marketing social, já enviou mais de 82 mil livros por todo o Brasil e procura patrocínio para aumentar essa marca. Com foco nas escolas públicas, a iniciativa já encaminhou acervos para bibliotecas escolares, comunitárias, de ONGs e do sistema prisional, alcançando a marca de 429 bibliotecas atualizadas por todos os estados brasileiros. Com a missão de atenuar problemas sociais relacionados à educação, a CLIC oferece, para qualquer empresa, a oportunidade de remanejar verbas que seriam utilizadas em impostos, para contribuir com o envio de livros através da Lei Rouanet. Até o final de 2023 o objetivo da CLIC é alcançar a marca dos 100 mil livros entregues. Para isso, conta com o Nossa Biblioteca II, novo projeto que reúne escritores, artistas, contadores de histórias e bibliotecários.

O Nossa Biblioteca II consiste no envio de 5.600 livros, distribuídos entre 35 escolas, com eventos de incentivo à leitura para alunos e professores. Cada um dos acervos bibliográficos foi definido com a curadoria do escritor Sergius Gonzaga e conta com títulos de referência entre infantis, infantojuvenis e da literatura nacional e internacional, contemplando leitores de todas as idades. A iniciativa já oficializou o patrocínio das marcas Madesa, Navegação Aliança, Calçados Beira Rio S.A., Dorf Ketal, Florestal e Docol, garantindo dessa forma o envio de 28 acervos, totalizando 4.480 livros. O início das entregas está previsto para o mês de maio e abrange três estados até o momento: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Desde a concepção do hub de projetos Nossa Biblioteca já foram 64 empresas patrocinadoras que acreditaram na trajetória da CLIC pelo incremento de leitores no Brasil, uma causa necessária. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua 2019), a taxa de analfabetismo entre pessoas a partir de 15 anos de idade é de 6,6%, cerca de 11 milhões de brasileiros. Neste contexto, Adriane Laste, idealizadora do projeto e responsável pelo relacionamento institucional com os patrocinadores, tem o trabalho movido pela busca em fazer a diferença. Para ela, o Nossa Biblioteca II é uma oportunidade muito além do marketing social para as empresas: “as patrocinadoras ganham a chance de se conectar com as comunidades onde estão localizadas, contribuindo para a educação da região”, explica Adriane.

Além do envio de livros, o Nossa Biblioteca II também proporciona eventos culturais. Entre eles estão dois tipos de oficinas para professores, uma voltada para a comunicação através do livro e outra de contação de história teatralizada, para alunos de escolas públicas na faixa etária de 7 a 12 anos. Cada um destes momentos é pensado visando desenvolver o interesse das crianças pela leitura. O projeto conta também com cinco eventos de contação de história para crianças, realizados em locais públicos. As ações disponibilizarão os recursos de LIBRAS e audiodescrição caso os locais tenham alunos e/ou professores surdos, cegos ou baixa visão. Este é apresentado pelo Ministério da Cultura, financiado através da Lei Federal de Incentivo à Cultura e tem a realização do Ministério da Cultura, Governo Federal – União e Reconstrução.

0 Comentários

Deixe um Comentário

dez + sete =

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password

Você não pode copiar o conteúdo desta página