Campo do Riachuelo, na Vila Rica do Caí, já está inundado - Crédito: Fato Novo

Com as constantes chuvas dos últimos dias, principalmente na Serra e na região dos afluentes, o nível do rio Caí subiu rapidamente e voltou a causar o temor de enchente. Bombeiros e Defesa Civil da região estão de plantão, monitorando a situação de arroios do rio. Em Bom Princípio hoje pela manhã o nível do rio já superava os 10 metros, deixando em estado de alerta. O mesmo acontece na Feliz e São Vendelino. A boa notícia é de que em Caxias do Sul, a régua da CPRM em Nova Palmira aponta que o nível do rio já está baixando, pois após subir cerca de três metros até a madrugada de hoje, no início da tarde desta quinta-feira já tinha reduzido em torno de 60 centímetros.

Na antiga barca do Caí o nível do rio já está bastante alto e chegando na rua
– Crédito: Defesa Civil

Em São Sebastião do Caí, desde a tarde de terça-feira passada o rio subiu mais de 6 metros. No começo da tarde de hoje está alcançando a cota de inundação de 10m50cm, sendo que algumas ruas do bairro Navegantes já começam a ser atingidas pela água da cheia.

Em Montenegro também o nível do rio subiu bastante e no início da tarde de hoje a régua da CPRM marcava 5m51cm, já se aproximando da cota de inundação dos 6 metros.

O coordenador da Defesa Civil no Caí, Ênio dos Santos, explica que o ritmo de subida do rio está diminuindo e em cidades como a Feliz já está baixando. Com isso, a expectativa é de que não se tenha uma grande cheia e não seja necessária a remoção de famílias ribeirinhas. Mesmo assim os caminhões e funcionários estão em alerta na eventualidade de qualquer emergência.

A mesma posição tem a Defesa Civil de Montenegro, que também está em alerta, mas com expectativa de que não tenha enchente.

Ainda existe previsão de mais instabilidade, mas a chuva deverá ser num volume fraca a moderado, o que não deve gerar impacto sobre a cheia do rio.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here