Muitas árvores e galhos caíram sobre a rede de energia - Reprodução/FN

Pareci Novo ainda enfrenta problemas de falta de energia elétrica em alguns pontos do município. A falta de energia, decorrente de quedas de galhos e árvores sobre a rede de energia, ocorre desde os vendavais das madrugadas de domingo e segunda-feira, causando muitos prejuízos, principalmente para produtores rurais, como em casos de aviários, além de estabelecimentos comerciais e empresas, e nas próprias residências. A interrupção no fornecimento de energia acabou comprometendo também o abastecimento de água, devido a falta de luz em poços artesianos.

Através de seu Facebook, a Prefeitura de Pareci Novo fez uma postagem lamentando a situação. “Diante da mais grave crise de energia já enfrentada em Pareci Novo e a incapacidade da RGE Sul em solucionar o problema, a Administração Municipal está buscando geradores para colocar nos poços que atendem o centro de Pareci Novo no intuito de amenizar o problema da falta de água. Salientamos que a Administração Municipal não é responsável pelo fornecimento de energia elétrica, mas está tomando todas as providências legais para normalizar esta prestação de serviços à comunidade. Solicitamos que os moradores sigam fazendo sua parte e cobrando da RGE, por meio do serviço de torpedo e/ou 0800, o restabelecimento do serviço”.

A falta de luz tem causado revolta no município. Em alguns casos os produtores, comerciantes e empresários tiveram que alugar geradores para garantir o abastecimento e não ter prejuízos ainda maiores. A Prefeitura, além de gerador, teve que buscar alternativas para garantir o fornecimento de água. O prefeito Oregino Francisco chegou a ir ao Ministério Público, em Montenegro, para buscar providências e pedir a intermediação da Promotoria de Justiça para obter uma audi~encia com a RGE Sul. Já a concessionária RGE Sul informou que são casos pontuais, onde está sendo providenciada a normalização do abastecimento.

Deixe seu comentário