Crédito: Cleo Meurer/FN

Lideranças políticas, servidores da segurança pública, empresários e representantes da comunidade participaram de uma audiência pública realizada na noite dessa segunda-feira, na sede da Câmara de Vereadores de Salvador do Sul. A pauta da reunião teve como ponto principal a apresentação, pelo executivo municipal, de um projeto de videomonitoramento em prédios públicos.

Por cerca de uma hora, o prefeito Marco Eckert (MDB) fez a exposição de um estudo de implantação de câmeras na prefeitura, Praça Municipal José Lindolpho Hummes, Parque Affonso Cristóvão Wallauer, escolas municipais e postos de saúde, além do pórtico sul. Já durante a reunião, foi pedido pelo público que o projeto compreenda também o pórtico norte da cidade.

“Há uma grande preocupação, porque casos que não ocorriam antes aqui passaram a ser registrados com frequência. Com ajuda de entidades e outros órgãos públicos, queremos pensar juntos em alternativas para aumentar a segurança”, assinalou o prefeito salvadorense.

O projeto apresentado compreende, no total, 74 câmeras, sendo 16 voltadas às vias públicas, seis delas Full HD. O investimento é estimado em cerca de R$ 130 mil pela prefeitura.

Durante o encontro, foram destacadas iniciativas similares já implantadas em outros municípios da região, como Pareci Novo. Segundo Marco Eckert, o projeto de videomonitoramento será encaminhado, nos próximos dias, para apreciação pelo Legislativo. “Acreditamos que o edital para compra dos equipamentos possa ser lançado entre 20 e 30 dias”, projetou.

Ainda, na audiência, representantes da Delegacia de Polícia e da Brigada Militar esclareceram dúvidas do público sobre a funcionalidade do sistema de videomonitoramento e as atividades preventivas à ocorrência de ações criminosas no Município.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here