Mais um coletor de lixo foi queimado e a polícia está investigando o caso para punir o autor do crime /Reprodução/FN

A Delegacia de Polícia investiga a queima de um container da coleta seletiva de lixo ocorrida durante a madrugada no dia 28 de julho, na Estrada Várzea da Vila Rica.

Este foi o segundo equipamento do tipo queimado este ano. Em janeiro, outro container foi queimado na avenida Osvaldo Aranha, próximo ao Esporte Clube Riachuelo. A polícia já tem suspeito identificado do vandalismo ocorrido no e está investigando se o indivíduo tem também participação na queima de coletor ocorrida no início do ano.

A identidade do suspeito é mantida em sigilo para não atrapalhar os trabalhos da polícia.

“Não podemos permitir esse tipo de crime. Fizemos ocorrência agora, assim como fizemos em janeiro, e estamos atentos para responsabilizar os autores e evitar que atos desse tipo se repitam”, afirma o secretário municipal Luciano Baldessarini.

Se alguém souber de algo sobre a autoria desse crime deve informar a polícia, mesmo que de forma anônima.

Deixe seu comentário