Operação Parador tem ações de fiscalização e abordagens - Crédito: 5º BPM

Foi deflagrada na última semana uma força-tarefa integrada para prevenir e combater a exploração sexual de crianças e jovens no Estado. Com participação de instituições da Secretaria da Segurança Pública (SSP) e da União, além de apoio do Ministério Público Estadual e do Poder Judiciário, foram realizadas fiscalizações e abordagens em várias cidades.

As atividades também se integraram à Operação Parador 27, coordenada pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP) para fomentar em todos os Estados a realização de ações em alusão ao Maio Amarelo, mês dedicado ao alerta da sociedade sobre o combate à exploração sexual infanto-juvenil.

A Polícia Civil liderou a iniciativa com efetivos de 16 Delegacias de Proteção à Criança e Adolescente e também de 13 delegacias especializadas de atendimento à mulher (DEAMs), entre elas de Montenegro, que atende o Vale do Caí. As demais forças de segurança locais apoiaram na ação integrada.

Ações de fiscalização em boates iniciou na semana passada
– Crédito: 5º BPM

A união de esforços realizada pelos órgãos vai ao encontro da premissa de integração que orienta o planejamento e a execução de todas as atividades desenvolvidas pelas forças estaduais no âmbito do Programa RS Seguro, principal política pública para segurança e proteção social no Estado.

Conforme dados do Observatório Estadual da Segurança Pública, o número de ocorrências de abusos contra vítimas de 0 a 17 anos no Rio Grande do Sul, considerando os registros de exploração sexual infanto-juvenil, estupro e estupro de vulnerável, subiu 2% em 2021, na comparação com o ano anterior, de 3.249 casos para 3.305. A alta reforça a necessidade de ações para coibir este tipo de crime, bem como para resgatar vítimas que possam estar sofrendo abusos, além da conscientização dos gaúchos para denunciar às autoridades qualquer suspeita de exploração a crianças e jovens.

A Secretaria de Segurança Pública mantém o Disque Denúncia 181 e o Denúncia Digital no site da pasta. Em ambos os casos, o anonimato é garantido.

Ações na região

No Vale do Caí já ocorreram algumas ações por parte da Polícia Civil e Brigada Militar. Na área do 5º BPM foram realizadas abordagens em seis boates, sendo cinco em Montenegro e uma em São José do Sul, sendo abordadas 82 pessoas e 23 veículos, além da prisão de um homem e apreensão de uma arma de fogo.

Na área do 27º BPM, com sede em São Sebastião do Caí, também foram feitas ações desde a última quinta-feira, em conjunto com a Polícia Civil.

Ainda na região, no último final de semana ocorreram ações de fiscalização em Capela de Santana e Portão, que integram a área do 25º BPM.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here