Crédito da foto: TSE

O Município de Harmonia é o único no Vale do Caí em que apenas uma chapa foi inscrita para a eleição majoritária, composta por Ernani Forneck (PTB) e Leozildo Lira (PSDB). O bloco de oposição, liderado pelo PSB, juntamente com o PT, optou por somente lançar candidatos às cadeiras da Câmara de Vereadores.

A possibilidade da candidatura única vinha sendo especulada nos bastidores da política local e acabou ganhando força a partir da desistência de Lotário Vier (PSB) de entrar na disputa em razão de problemas de saúde. Vier já havia participado do pleito de 2016, sendo então derrotado pelo prefeito Lico Fink (PSDB).

O bloco oposicionista partiu para buscar outro nome para liderar sua composição. Reuniões foram realizadas, até os instantes derradeiros para o registro de candidaturas, mas sem o equacionamento da questão.

Alguns dos nomes especulados alegaram dificuldades particulares para não entrarem na disputa. Um deles foi o do vereador e empresário Leandro Hilgert (PSB), que optou por concentrar suas atenções na cachaçaria que administra, em razão da crise ocasionada pela pandemia da Covid-19. “Outros líderes também tinham suas prioridades. Perdemos apoiadores para a situação, o que gerou uma desmotivação e uma descrença nas ideias que a gente defende. Também algumas pessoas têm medo de declarar seu apoio”, afirma.

Leandro Hilgert (Crédito: Arquivo Pessoal)

Em seu segundo mandato, Hilgert também está fora da disputa do Legislativo e lamenta a visão negativa que as pessoas acabaram criando em relação à política, além do pouco acompanhamento das sessões e das ações dos vereadores. Apesar da não apresentação de chapa para a majoritária, ele não acredita que a medida traga reflexos negativos nas candidaturas dos partidos de oposição para a Câmara de Vereadores. “Temos um grupo pequeno, mas com pessoas capacitadas. É importante ter vereadores que acreditam em nosso projeto e que acompanhem as obras públicas”, reforça Hilgert.

O empresário pontua que, embora sem candidatura à prefeitura, a oposição harmoniense está organizada e irá aproveitar a campanha de seus candidatos a vereador para buscar ideias junto à comunidade, além de novas filiações. Hilgert questionou o fato das eleições não terem sido unificadas no país, entendendo que a situação gerada pela pandemia representava uma boa oportunidade para isso e poderia proporcionar maior economia. “As eleições deveriam ter sido jogadas para 2022, usando o fundo eleitoral para gastos na saúde pública contra o coronavírus”, conclui.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here