Convenções em que os partidos definirão os candidatos vão ocorrer entre 31 de agosto e 16 de setembro - TSE/Reprodução

Em votação de primeiro e segundo turnos, a Câmara Federal aprovou hoje, quarta-feira, o adiamento das eleições municipais deste ano. A proposta já tinha sido aprovada em dois turnos também no Senado.

Prevista inicialmente para 4 de outubro, em razão da pandemia do coronavírus, a escolha dos prefeitos e vereadores foi transferida para 15 de novembro. Já nas cidades maiores, onde pode ter segundo turno, que não é o caso dos municípios do Vale do Caí, a segunda votação passa de 25 de outubro para 29 de novembro. A promulgação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) está prevista para a manhã desta quinta-feira e já entra em vigor.

A mudança altera também o calendário eleitoral deste ano. Emissoras de rádio e televisão não poderão transmitir programas apresentados ou comentados por pré-candidatos a partir de 11 de agosto (antes o prazo era até 30 de junho). Já as convenções em que os partidos definirão os candidatos vão ocorrer entre 31 de agosto e 16 de setembro (antes eram de 20 de julho a 5 de agosto), com registro de candidaturas até 26 de setembro. Nesta mesma data inicia a propaganda eleitoral.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here