Imagem ilustrativa/internet
O mapa definitivo desta semana do sistema de distanciamento controlado, divulgado ontem, segunda-feira, pelo Governo do Estado, confirmou 20 regiões covid em bandeira laranja, de risco médio, e apenas uma, a de Santa Maria, na vermelha. No Vale do Caí todos os municípios seguem em bandeira laranja, que permite a flexibilização do comércio e serviços.

Mesmo assim segue a preocupação com a pandemia do coronavírus continua, o que reforça a necessidade das medidas de prevenção. Conforme o Governo, o número de hospitalizações pela doença cresceu e diminuiu a quantidade de leitos livres.

Casos e óbitos na região

Os números da pandemia ainda causam preocupação na região. As vinte cidades integrantes da Associação dos Municípios do Vale do Rio Caí (Amvarc) somam cerca de 3,8 mil casos confirmados, dos quais 3,3 mil estão recuperados e ocorreram 65 óbitos até o início desta semana.

Na última segunda-feira foi confirmada a primeira morte de paciente com covid-19 de Tupandi, de uma idosa de 78 anos. No sábado Feliz confirmou o quinto óbito, de paciente de 69 anos. No mesmo dia São Sebastião do Caí teve a confirmação de uma oitava morte, de idosa de 74 anos. São José do Hortêncio confirmou, na quinta-feira, uma terceira morte de paciente com coronavírus, que foi o ex-prefeito e candidato Leonardo Arnhold, de 60 anos, falecido dois dias antes. Bom Princípio, na quarta-feira passada, teve a confirmação de um terceiro óbito, de um idoso de 74 anos. E Montenegro chegou a vinte óbitos de paciente com coronavírus, após morte de idosa de 83 anos.

Novos protocolos

Entre as mudanças nos protocolos, anunciados pelo Estado ontem, estão o aumento de ocupação nos hotéis nas bandeiras amarela (75%) e laranja (60%). E nas missas passa a ser permitido que coabitantes/familiares sentem juntos nas celebrações religiosas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here