Caí teve três enchentes em duas semanas, com várias famílias sendo atendidas novamente - Crédito: Prefeitura

Pela régua da CPRM na antiga Barca do Caí, o rio chegou aos 14m02 na noite desta quarta-feira, estabilizando por volta de 23h e agora deve começar a baixar lentamente. Já pela régua da Defesa Civil, que tem uma medição diferente, às 21h chegou a 14m40cm, sendo que também estava estabilizando. O certo é que está sendo uma das maiores enchentes dos últimos tempos. Aproximou-se da cheia de outubro de 2016, que registrou 14m66cm em São Sebastião do Caí. E com uma inundação tão grande, várias famílias, principalmente do bairro Navegantes, tiveram que ser removidas, a maioria para a casa de parentes ou amigos, mas outras de desabrigados foram para o ginásio do bairro Rio Branco. Várias vias ficaram interrompidas e também está bloqueada a RS 124, que liga com Pareci Novo e Harmonia, nos trechos do Matiel e do Morro Peixoto.

Ruas já estão sendo bloqueadas em Montenegro, onde a enchente também deve ser grande
– Crédito: Defesa Civil

A preocupação agora é com Montenegro. Assim como ocorreu no Caí na noite anterior, o rio está subindo rapidamente. Desde terça-feira já subiu quase 4 metros e por volta de 10h da manhã de quarta-feira atingiu a cota de inundação da régua da CPRM, que é de 6 metros. Agora de noite estava em 7m45cm às 23h30 de quarta-feira, subindo uma média de 12 centímetros por hora. A Defesa Civil projeta que vai continuar subindo até a manhã desta quinta-feira, podendo passar dos 8 metros, o que também será uma enchente de médio para grande porte, atingindo bairros como Industrial, Ferroviário, Municipal, Olaria, Tanac e outros. Algumas ruas já estão sendo bloqueadas, como beira do rio, Fernando Ferrari, Avenida Itália, Torbjorn Weibull perto da empresa Tanac, Osvaldo Aranha próximo ao campo da Brigada, entre outras. As primeiras famílias já foram removidas, a maioria indo para a casa de parentes, mas algumas pessoas também foram para o ginásio da Escola Municipal Walter Bellian.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here