Novo trecho, de 18,7 quilômetros, deve ser construído entre Sapucaia e Portão - Crédito: Câmara de Portão

Foram retomados os estudos para o prolongamento da BR 448 (Rodovia do Parque) até Portão. A obra é de grande importância para o Vale do Caí, pois iria facilitar e encurtar a ligação com Porto Alegre e Região Metropolitana.

A ordem de reinício da Elaboração do Estudo de Viabilidade Técnico-Econômica e Ambiental foi assinada no último dia 28 de junho. O documento é aguardado desde 2017 para que seja dado andamento ao projeto estendendo a rodovia de Sapucaia do Sul até Portão. É uma demanda pleiteada faz cinco anos. Através do estudo deverá ser definida a alternativa mais viável para o prolongamento da BR 448, incluindo levantamento de engenharia, impacto ambiental e econômico. A expectativa é de que o estudo esteja concluído no segundo semestre deste ano.

Conforme o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o novo trecho deverá ter cerca de 19 quilômetros, desde Sapucaia do Sul, no quilômetro 6, próximo do acesso a Esteio, até a ERS 240 em Portão, na altura da Casa das Cucas. O investimento no estudo será de aproximadamente 750 mil reais. Já a obra tem custo estimado de 1 bilhão de reais. O Governo Federal estuda a concessão da obra à iniciativa privada, já que não dispõe de recursos para a sua execução. Na quinta-feira passada já ocorreu uma reunião de parlamentares gaúchos, liderados pelo senador Luis Carlos Heinze, acompanhado do prefeito de Portão, Renato das Chagas, com o ministro de Infraestrutura, Tarcisio Gomes de Freitas. Na ocasião, a comitiva gaúcha solicitou a inclusão do prolongamento da BR 448 no pacote de concessões de rodovias do Governo Federal. Uma das justificativas para agilizar a obra é de que iria também desafogar a BR 116.

Além do Vale do Caí, a extensão da Rodovia do Parque irá beneficiar o Vale do Sinos, Serra e região Norte do Estado.

1 COMENTÁRIO

  1. Vergonha o governo faz uma obra deste tamanho e agora para concretizar com mais 18 km, precisa doar a iniciativa privada e pedagiar, só essa tralha do Luis Carlos Heinze para pensar em uma idiotice dessas!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here