Municípios que tiveram óbitos ou internações por coronavírus nos últimos 14 dias, caso não ocorra reconsideração do Estado, ficam na bandeira vermelha a partir de terça-feira - Crédito: Governo do Estado

Mesmo com o anúncio de bandeira vermelha, doze municípios do Vale do Caí vão poder se manter na bandeira laranja porque não tiveram óbitos ou internações nos últimos 14 dias. É o caso de Barão, Brochier, Maratá, Salvador do Sul, São José do Sul, São Pedro da Serra e Tupandi, que tem como referência Canoas. E dos que têm como referência Caxias do Sul, cinco podem continuar na laranja: Alto Feliz, Bom Princípio, Linha Nova, São Vendelino e Vale Real. As outras oito cidades, que tiveram mortes ou internações por coronavírus nas últimas duas semanas, devem ficar na bandeira vermelha, caso não consigam reverter através de recurso: Feliz, São Sebastião do Caí, Harmonia, Pareci Novo, Montenegro, Portão, Capela de Santana e São José do Hortêncio.

No final da tarde de hoje, sexta-feira, dia 3, o Governo do Estado divulgou mais uma etapa das bandeiras do distanciamento controlado, que deve passar a vigorar a partir da próxima semana. Dez das vinte regiões foram anunciadas para a bandeira vermelha. Ao contrário do que se temia, nenhuma região foi para a bandeira preta.

Depois do anúncio, as Prefeituras e Associações de Municípios têm até as 8 horas da manhã de domingo para pedir reconsideração. Os recursos serão analisados pelo gabinete de crise e o resultado sai na segunda-feira, passando a vigorar a bandeira no dia seguinte.

1 COMENTÁRIO

  1. Muito importante esse tipo de notícia dada assim, de maneira ágil e mostrando a realidade de todos os municípios – dos quais o Fato Novo tem sido historicamente um parceiro importante. A informação é uma das principais ferramentas para as pessoas terem a real compreensão do problema em que todos estão envolvidos e cuja solução depende do engajamento de todos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here