Municípios receberam kits de testes rápidos que estão sendo aplicados - Divulgação/Feevale

Conforme havia sido anunciado na semana passada, o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Rio Caí (Cis-Caí) e a Universidade Feevale, de Novo Hamburgo, oficializaram ontem, dia 16, parceria para que  instituição de ensino faça testes laboratoriais para detecção da Covid 19, o novo coronavírus. Fazem parte do acordo os municípios de São Sebastião do Caí, Alto Feliz, Brochier, Maratá, Harmonia, Feliz, São José do Hortêncio e Tupandi.

O acordo de cooperação foi assinado pelo reitor da Feevale, Cleber Prodanov, e pelo presidente do Cis-Caí e prefeito de Harmonia, Carlos Alberto Fink, o Lico. Esses municípios somam-se a Esteio, Rolante e 12 cidades integrantes da Associação dos Municípios do Vale do Rio dos Sinos (Amvars), que já vinham sendo beneficiadas. O reitor Cleber Prodanov lembra que esta é uma ação que tem como objetivo apoiar as comunidades, além de desafogar os laboratórios oficiais. “A Universidade Feevale vem buscando desenvolver ações tecnológicas e inovadoras, visando dar apoio às municipalidades para o enfrentamento da pandemia”, afirma.

Sobre os testes

Todas as amostras são coletadas nos espaços de saúde dos municípios e encaminhadas ao Laboratório de Microbiologia Biologia Molecular da Universidade Feevale. Para os testes, são coletadas amostras de secreção respiratória dos pacientes que têm suspeita de estarem infectados.

Os exames ficam prontos de 24 a 48 horas a partir do recebimento das amostras e os resultados divulgados por cada município. Essa é a principal vantagem da parceria, já que em virtude da demanda, o Laboratório Central do Estado (Lacen) está levando 72 horas ou mais para emitir os laudos definitivos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here