Mapa definitivo das bandeiras foi divulgado hoje - Crédito: Governo do Estado

O Governo do Estado divulgou na tarde desta segunda-feira, dia 23, o mapa definitivo desta semana na 29ª rodada do Sistema de Distanciamento Controlado. Oito regiões covid foram confirmadas na bandeira vermelha, de risco alto, e treze na laranja. Foram aceitos cinco pedidos de reconsideração, entre eles da região da Serra, que tem como referência Caxias do Sul e é integrada por seis municípios do Vale do Caí que podem continuar na bandeira laranja. Com isso Bom Princípio foi beneficiado. Os demais municípios – Alto Feliz, Feliz, Linha Nova, São Vendelino e Vale Real – já poderiam continuar na laranja porque não tiveram óbitos ou internações, associados a Covid-19, nas duas últimas semanas. Já outras regiões, como as de Canoas e Novo Hamburgo, que são referência para grande parte das cidades do Vale do Caí, seguem na bandeira vermelha.

Entre os municípios na bandeira vermelha, que pela cogestão podem adotar protocolos de laranja, estão São Sebastião do Caí, Montenegro, Capela de Santana, Pareci Novo, Barão, São José do Sul, Tupandi, Portão e São José do Hortêncio. Por ser a segunda semana em bandeira vermelha, tem algumas restrições, como a interrupção nas aulas presenciais, que tinham sido autorizadas em escolas públicas e privadas. Já Brochier, Harmonia, Maratá, Salvador do Sul e São Pedro da Serra podem continuar na bandeira laranja porque não tiveram mortes ou hospitalizações nos últimos 14 dias.

Governador Eduardo Leite: “nós não voltamos à normalidade”
– Crédito: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

A bandeira vermelha é reflexo do aumento no número de casos e internações por coronavírus nos últimos dias, sendo alerta para a população, que deve reforçar as medidas de prevenção. O alerta foi dado pelo próprio governador Eduardo Leite, que em razão do aumento dos casos, voltou a participar do anúncio das bandeiras e fez um pronunciamento. A preocupação maior é com a proximidade do verão, maior movimento no comércio e nas ruas para as compras de Natal, além das festas de final de ano. Leite ressaltou a necessidade de evitar aglomerações e manter o distanciamento, sendo mantidos os protocolos de saúde e segurança. “Nós não voltamos à normalidade”, ressaltou. O governador entende que não há necessidade de restrições às atividades econômicas no momento, mas a população precisa fazer a sua parte. E se não houver bom senso, podem ser adotadas restrições, pois o coronavírus continua circulando. A boa notícia é que não houve aumento no número de mortos e mesmo com mais casos não há falta de leitos.

Entre as vinte cidades integrantes da Associação dos Municípios do Vale do Rio Caí (AMVARC), nos últimos dias, até o início desta semana, ocorreu um único óbito, que foi no município de Portão, de uma mulher de 40 anos, registrado na segunda-feira. A região tem atualmente cerca de 5,4 mil casos confirmados, dos quais 4,7 mil estão curados e ocorreram 86 óbitos de pacientes com coronavírus desde o início da pandemia. Em razão de casos confirmados o suspeitos chegaram a ser suspensas recentemente atividades em locais como agências bancárias de Montenegro, creche de Harmonia e o atendimento externo na Prefeitura de Pareci Novo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here