Municípios podem adotar protocolos de laranja devido a cogestão ou por não terem óbitos e internações nos últimos 14 dias - Crédito: Governo do Estado

Pelo mapa preliminar da 29ª rodada do Sistema de Distanciamento Controlado, do Governo do Estado, divulgado nesta sexta-feira, treze das 21 regiões covid aparecem em bandeira vermelha, de risco alto. Isso é reflexo do aumento nos casos e internações associadas ao coronavírus. As três regiões covid, integradas pelos vinte municípios do Vale do Caí, figuram em bandeira vermelha, tendo como referência Canoas, Caxias do Sul e Novo Hamburgo. O Governo do Estado alerta que houve aumento em todos os indicadores nos últimos sete dias, incluindo crescimento de 65% nos óbitos e 27% nas hospitalizações. Por isso a importância de seguir os protocolos e as regras sanitárias, reforçando a prevenção.

Mesmo em bandeira vermelha, os municípios podem adotar protocolos de laranja devido a cogestão. Também podem ser encaminhados pedidos de reconsideração até às 6h da manhã de domingo, dia 22. A adoção de protocolos alternativos não altera as cores do mapa definitivo, que será divulgado após análise dos recursos pelo Gabinete de Crise, na tarde de segunda-feira, dia 23/. A vigência das bandeiras da 29ª rodada começa na terça-feira, dia 24, até 30 de novembro.

A região de Canoas, da qual faz parte a maioria dos municípios do Vale do Caí, entre eles Montenegro e São Sebastião do Caí, segue em bandeira vermelha. Foram 90 internações em leitos clínicos de casos confirmados no acumulado desta semana, quando nos sete dias anteriores foram 58 pacientes. A ocupação de leitos de UTI por conta da Covid-19 também subiu: eram 37 e agora são 42 pessoas exigindo cuidados intensivos. A região covid de Novo Hamburgo também teve crescimento em novas internações em leitos clínicos e ocupação de UTI. No acumulado desta semana, Novo Hamburgo passou de 64 para 97 hospitalizações confirmadas pelo vírus.

A região de Caxias do Sul, da qual fazem parte Bom Princípio e Feliz, aparece em bandeira vermelha depois de ver aumentar a ocupação de leitos de UTI. Houve cinco registros a mais, de uma semana para outra, em tratamento intensivo tanto para casos de Covid-19 (de 74 para 79 pacientes). A região teve queda de 74 para 65 no total de leitos de UTI livres entre um levantamento e outro e houve aumento no acumulado de sete dias nas hospitalizações em leitos clínicos, de 111 para 137 pacientes.

Metade dos municípios do Vale do Caí seguem na bandeira laranja porque não tiveram óbitos ou hospitalizações associadas ao coronavírus nos últimos 14 dias, entre eles Brochier, Harmonia, Maratá, Salvador do Sul, São Pedro da Serra, Alto Feliz, Feliz, Linha Nova, São Vendelino e Vale Real. Os outros dez municípios podem adotar protocolos de laranja devido a cogestão, entre eles: Bom Princípio, São Sebastião do Caí, Montenegro, Capela de Santana, Pareci Novo, Barão, São José do Sul, Tupandi, Portão e São José do Hortêncio.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here