Com o chamamento de soldados do concurso para iniciarem curso, muitos policiais deverão estudar em Montenegro e ficar na região, ampliando o policiamento - Arquivo/FN

Foi publicado ontem, sexta-feira, dia 21, em edição extra do diário Oficial do Estado, a autorização para a Secretaria de Segurança pública chamar 2 mil soldados da Brigada Militar aprovados em concurso no ano passado. Na próxima terça-feira deve ser publicada no Diário Oficial a lista com os nomes dos futuros soldados. A previsão do governo gaúcho é de que os policiais iniciem o curso de formação ainda em novembro deste ano e estejam aptos a atuar na metade de 2019.

O concurso foi realizado em dezembro de 2017, com mais de 42 mil candidatas. No total foram aprovados 4 mil, sendo que agora está sendo chamada a metade. A expectativa é de que o Vale do Caí novamente receba turmas de alunos para estudar na escola de Formação da Brigada Militar (EsFES) em Montenegro, que no último curso recebeu cerca de 500 soldados. E com isso os alunos-soldados, durante o curso e o estágio, poderão reforçar a segurança na região, atuando em operações, fiscalização e no policiamento de rua. Mas a maior reivindicação da região é para que o Vale do Caí receba mais policiais. A luta dos municípios é de que após a formatura a região receba em torno de cem novos soldados, para serem distribuídos entre os 19 municípios. Mas para isso é importante a mobilização da região. Em entrevista na última semana no Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO Vale do Caí), em Montenegro, o secretário Cesar Schirmer garantiu que certamente o Vale do Caí vai receber novos policiais no próximo ano.

Deixe seu comentário