Votação ocorreu entre 4 a 6 de setembro, quando foram escolhidas três demandas, da agricultura e turismo - Reprodução/FN

Uma assembléia regional da Consulta Popular foi realizada ontem, terça-feira de tarde, dia 13, no campus da UCS em São Sebastião do Caí, para encaminhar as demandas que poderão ser votadas pelos eleitores do Vale do Caí entre os dias 4 e 6 de setembro. Participaram cerca de 40 pessoas, representando os municípios da região. Através de votação os eleitores poderão definir onde devem ser priorizados investimentos do Governo do Estado em 2020.

Para todo o Estado o Governo vai destinar 20 milhões de reais, que serão divididos entre 28 regiões. Representa apenas 25% do que foi destinado no ano passado, quando foram disponibilizados 80 milhões de reais. Para o Vale do Caí sobraram apenas R$ 685.714,29. É um recurso bem menor do que os R$ 2,3 milhões de 2018. Por isso não serão incluídas demandas como de segurança, saúde e educação. As demandas a serem votadas deverão ser nas áreas da agricultura, infraestrutura e turismo.

O encontro de ontem teve a participação de um representante do Governo, que fez uma apresentação sobre a situação financeira do Estado, relatório da Consulta Popular de 2018 e a metodologia da nova votação. Uma nova assembléia regional foi marcada para a quinta-feira da próxima semana, dia 22 de agosto, às 14h, novamente no campus da UCS em São Sebastião do Caí. Dos 15 projetos indicados, devem ser escolhidos quatro prioritários para serem incluídos na cédula. Os três mais votados devem receber 33% dos recursos destinados.

A votação será novamente online através do site www.consultapopular.rs.gov.br. Mesmo com a redução nos recursos, a expectativa é de uma boa participação dos eleitores da região. No ano passado a Consulta Popular ocorreu mais cedo, em junho, e votaram 23.262 eleitores.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here