Crédito: Governo do Estado

O decreto estadual, no formato de bandeiras, com cores, foi apresentado ontem de tarde, sábado, pelo governador Eduardo Leite. O modelo de distanciamento social controlado deverá ser implantado a partir de amanhã, segunda-feira, dia 11.

Conforme o número de casos de coronavírus e a ocupação de leitos de UTI, é definida a cor da bandeira – amarela, laranja, vermelha e preta, para cada uma das 20 regiões do Estado, permitindo ou não a flexibilização do comércio. As bandeiras amarela e laranja indicam situação mais controlada, com o comércio, serviços e empresas podendo funcionar com menos restrições. Já as bandeiras vermelha e preta apontam necessidade de restrições devido ao crescimento no número de casos.

Como nos municípios do Vale do Caí foram registrados poucos casos confirmados, a maioria já recuperados e não houve nenhuma morte, a região está enquadrada na bandeira laranja, o que significa risco médio para o coronavírus. Em todo o Estado apenas a região de Lajeado, devido ao grande número de casos, está com bandeira vermelha. Os detalhes podem ser conferidos no site lançado pelo governo do estado: https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br/

Mesmo com a flexibilização, onde não ocorrem grandes mudanças no que já vinha ocorrendo na região, devem ser observadas algumas restrições, principalmente com relação a limitação de ocupação de espaços e número de funcionários. Passa a ser obrigatório o uso de máscara em todos os locais. Atividades de lazer, como teatro, clubes, casas noturnas e cinemas, continuam proibidos. Ainda não existe previsão quanto à volta às aulas, um tema que deve ser discutido e anunciado nesta segunda-feira.

A maioria dos municípios da região estão no mesmo grupo de agrupamento, do R08, que inclui cidades como Barão, Brochier, Canoas, Capela de Santana, Esteio, Harmonia, Maratá, Montenegro, Nova Santa Rita, Pareci Novo, Salvador do Sul, São Pedro da Serra, São Sebastião do Caí, Sapucaia do Sul, Tabaí, Triunfo e Tupandi. Outros municípios, como Alto Feliz, Bom Princípio, Feliz, Linha Nova, São Vendelino e Vale Real, que estão no mesmo grupo das cidades da Serra, como de Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Farroupilha, Gramado, Canela e Nova Petrópolis. E São José do Hortêncio e Portão estão no agrupamento do Vale do Sinos, junto com Novo Hamburgo, São Leopoldo e outras cidades. Todos iniciam o novo decreto estadual com bandeira laranja.

É importante que todos façam a sua parte, obedecendo às medidas de prevenção, como uso de máscara, distanciamento, higiene e limpeza, procurando ficar em casa e só saindo quando necessário. Quanto menos casos e menor a ocupação de leitos, reduzem as restrições. Se diminuir os casos pode passar para a bandeira amarela, com menos restrições. Mas se piorar pode mudar para vermelha, de risco alto, ou até preta, de risco altíssimo, provocando o chamado lockdown, de bloqueio total. O importante é manter com baixos números, possibilitando boa capacidade no sistema de saúde para atendimento dos pacientes devido à baixa propagação do vírus.

As atividades econômicas foram divididas em 12 grupos. Com base na bandeira da região, é que serão definidos seus critérios de funcionamento. O monitoramento será diário, mas a atualização da bandeira de cada região ocorrerá semanalmente, divulgada sempre aos sábados e valendo para a semana seguinte.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here