Com mais equipes deve reduzir o tempo de espera para os consertos em caso de falta de luz - Guilherme Baptista/FN

A RGE iniciou, na última semana, as operações da sua nova unidade de Portão. Contando com 14 equipes locais, a distribuidora informou que trabalhará para a redução do tempo de atendimento em todo o Vale do Caí, principalmente nos municípios de Portão, São Sebastião do Caí, Harmonia, Tupandi, Bom Princípio, Capela de Santana, Pareci Novo, São José do Hortêncio e São Vendelino.

 

Ao todo, conforme a distribuidora, serão beneficiados, direta e indiretamente, cerca de 100 mil habitantes. As novas equipes se somam às estruturas regionais da RGE da Região Metropolitana, Vale dos Sinos e Montenegro, e, segundo a distribuidora, permitirão maior agilidade no atendimento tanto das demandas cotidianas (novas ligações de energia, religações, inspeções) como das emergenciais originadas em temporais.

 

Segundo o gerente de Operações de Campo da RGE, Alexsandro Moraes, a nova unidade de Portão atende aos anseios da região e, obviamente, ao interesse da distribuidora em atender cada vez melhor os seus clientes. “A RGE está ampliando de maneira consistente a sua capacidade de atendimento aos municípios do Vale do Caí com 14 equipes fixadas em Portão e direcionadas para a região”, destaca Moraes.

 

Alinhada com o Planejamento Estratégico do Grupo CPFL Energia, a RGE informa que investiu R$ 485 milhões em toda área de concessão, em obras de ampliação, melhoria e modernização da rede nos três primeiros trimestres de 2018. De janeiro a setembro, a distribuidora substituiu 54 mil postes de madeira por concreto nos 381 municípios da sua área de concessão. A RGE é responsável por distribuir 65% da energia elétrica consumida no Rio Grande do Sul e atender 2,86 milhões de clientes residenciais, industriais e comerciais em 381 municípios gaúchos.

Prazo para providências

Reunião no Procon, com a presença dos prefeitos, aconteceu na semana passada
– Crédito: Alex Steffen/Prefeitura de Bom Princípio

O anúncio da RGE, de colocar 14 novas equipes e instalar uma base distribuidora em Portão, ocorreu uma semana após a reunião com prefeitos do Vale do Caí ocorrida no Procon Estadual, em Porto Alegre. As lideranças do Vale do Caí foram justamente cobrar providências através do órgão de proteção e defesa do consumidor devido aos problemas de falta de luz na região.

A principal reclamação dos municípios é quanto a demora na retomada do serviço, principalmente quando da ocorrência de temporais, os prejuízos e as dificuldades quanto ao atendimento. Na ocasião, o Procont estipulou um prazo de dez dias para que a RGE apresentasse um plano de ação para melhorar o atendimento, além de facilitar a comunicação com os usuários. Providências já estão sendo tomadas antes deste prazo. Uma nova reunião deve ocorrer em cerca de dois meses para ver se as melhorias realizadas pela distribuidora estão dando resultado no atendimento aos clientes e municípios.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here