Foi aceito o pedido de reconsideração da região covid de Caxias, da qual Bom Princípio faz parte - Crédito: Governo do Estado

O mapa definitivo da 28ª rodada do Distanciamento Controlado terá, a partir desta terça-feira, dia17, sete regiões em bandeira vermelha (risco epidemiológico alto). Isso porque o Gabinete de Crise aceitou, nesta segunda-feira, quatro pedidos de reconsideração enviados por municípios e associações regionais. Assim, o Rio Grande do Sul fica com sete regiões em bandeira vermelha e 14 em bandeira laranja (risco epidemiológico médio). As bandeiras da 28ª semana são válidas até a próxima segunda-feira, dia 23.

Os pedidos de reconsideração das regiões Covid de Porto Alegre, Passo Fundo, Guaíba e Caxias do Sul foram aceitos pelo Gabinete de Crise. Na análise, a equipe técnica rejeitou os pedidos das regiões de Novo Hamburgo, Santo Ângelo e Santa Rosa, que permanecem na bandeira vermelha, ao lado de Capão da Canoa, Canoas, Cruz Alta e Ijuí, que não entraram com recursos.

Com a reconsideração aceita para a região covid de Caxias, o município de Bom Princípio é beneficiado e pode seguir na bandeira laranja. Outras cinco cidades do Vale do Caí que também tem Caxias como referência já poderiam continuar na laranja porque não tiveram óbitos ou internações por coronavírus nas últimas duas semanas. É o caso de Alto Feliz, Feliz, Linha Nova, São Vendelino e Vale Real.

O recurso da região de Caxias do Sul foi aceito porque, apesar do aumento significativo desta semana, os indicadores são similares aos de outras semanas. A elevação foi mais forte nesta semana, porém ainda bastante abaixo de níveis históricos dos momentos em que a região esteve em bandeira vermelha por longo período, com posterior controle e retomada por maior período em bandeiras de menor risco. Hoje, a ocupação de leitos de UTI está em 66,8%.

Os outros treze municípios do Vale do Caí, que tem como referência Canoas e Novo Hamburgo, voltam agora para a bandeira vermelha. Exceto Barão, Brochier, Capela de Santana, Harmonia, Maratá, Salvador do Sul, São José do Sul e São Pedro da Serra, que não tiveram mortes ou hospitalizações por covid-19 nos últimos 14 dias. Já Montenegro, São Sebastião do Caí, Tupandi, Pareci Novo, Portão e São José do Hortêncio estão em bandeira vermelha, mas podem adotar protocolos de laranja devido a cogestão. Mesmo assim, serve de alerta devido ao agravamento dos casos, o que pode gerar mais restrições ao comércio e serviços. A adoção de protocolos alternativos não altera as cores do mapa definitivo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here