Hoje é dia do padroeiro de Montenegro, São João Batista - Crédito: Diocese

Nesta segunda-feira, 24 de junho, é feriado municipal em Montenegro, em homenagem ao santo padroeiro, São João Batista.

Na maioria dos municípios da região é feriado no dia da emancipação. Mas Montenegro e São Sebastião do Caí fazem feriados municipais na data de homenagem a seus padroeiros. Por isso os montenegrinos foram contemplados com um feriadão. E para quem teve a oportunidade de emendar com o feriado de Corpus Christi, que foi na quinta-feira, virou um super feriadão de cinco dias.

Para homenagear São João, várias festas ocorrem em Montenegro. Por questões de segurança, espaço e meio ambiente, hoje são raras as tradicionais fogueiras que ocorriam antigamente. Mas em alguns locais a tradição permanece como na localidade da Macega, no interior de Maratá, que já foi distrito de Montenegro. Na Sociedade Gaúcho da Macega sempre tem fogueira na noite de véspera de São João, inclusive com pessoas passando descalças sobre as brasas e depois segue com grande baile. Isso ocorreu na noite de ontem, mais uma vez com grande sucesso.

Em Montenegro a Paróquia São João Batista realizou novena que culminou ontem, domingo, com missa na Catedral celebrada pelo bispo Dom Carlos Romulo, seguida de procissão motorizada, almoço e festa com baile no CTG Estância do Montenegro.

Festa na Estação

No feriado desta segunda-feira, 24 de junho, tem mais festa em Montenegro. A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, vai realizar a Festa do Padroeiro na Estação da Cultura, a partir das 14h.

O evento, que faz parte do “Projeto Estação Cultura Montenegro”, acontece em formato de quermesse, e conta com tendas decoradas, brincadeiras, comidas e bebidas típicas de festas juninas. A partir das 17h terá ainda shows musicais com Banda Amazônia, Wilceu Pause e Banda, Grupo Fuzarca e Banda Eccos.

A festa é uma realização da Prefeitura, produção da One Brazil Eventos, patrocínio da Corsan e apoio cultural da Rádio América em comemoração aos seus 69 anos. Ainda, o evento conta com o apoio da EFICA, Brique na Estação, Associação dos Amigos Servidores do Patrimônio Histórico e cultural (AASEPAHC), Unidos do Bairro Senai (UBS), SESC e Movimento do Patrimônio Histórico.

Deixe seu comentário