Em razão da pandemia, shows e procissão não vão ocorrer, mas missas serão mantidas - Arquivo/FN

Com uma tradição de 140 anos, a Festa de São Sebastião sempre ocorre em janeiro, em homenagem ao santo padroeiro do município. Um grande público sempre se faz presente na área da festa, junto a Igreja Matriz Praça Cônego Edvno Puhl. Entre as atrações da programação religiosa e musical, ocorrem missas e shows, além da praça de alimentação e parque de diversões. Mas em razão da pandemia e dos protocolos para evitar aglomerações que possam aumentar o risco de contágio do coronavírus, a próxima edição da Festa de São Sebastião terá um novo formato.

A novena será realizada entre os dias 10 e 20 de janeiro. “Nas novenas só irão participar da missa presencial, em cada noite, a comunidade responsável pela liturgia. As demais poderão acompanhar pela transmissão. Vamos fazer uma procissão, saindo de cada comunidade, em cada dia, com a imagem, até a Matriz, onde celebramos a missa. Se possível talvez possa se fazer pastel ou cachorro-quente para as pessoas poderem levar para casa após o final da missa”, explica o pároco, padre Alexandre Baptista. “Festa e música, como de costume, não vai ter”, completa.

Portanto, a programação religiosa será mantida, com missas diárias às 19h, sempre com diferentes padres. No dia 10 de janeiro, domingo, começa com o bispo Dom Paulo De Conto, seguindo com os padres Paulo Puhl, Genico Schneider, João Paulo Schaeffer, Asabido Ludwig, Ercílio Bohn, Diácono Jorge Reckziegel, Emílio Lunkes, Guido Staudt e Angelo Bahc, encerrando com missa festiva na feriado do dia 20 com o bispo Dom Carlos Rômulo Gonçalves e Silva. Nos dias 8 e 9 de janeiro já terá o esquenta São Sebastião, com missas às 19h.

Sem festas

Neste ano já não foi possível realizar a 22ª edição da Festa Nacional da Bergamota e das Flores, que estava programada para junho. O evento foi adiado para 2021, mas sua realização também vai depender da situação da pandemia e de decisão do novo governo municipal que assume em 1º de janeiro, sob comando do prefeito eleito Julio Campani.

Ainda neste ano vários outros eventos, inclusive agora da programação de Natal, não puderam ser realizados para evitar aglomeração. A esperança é que possam retornar em 2021, com aplicação da vacina contra a Covid-19, redução dos casos e controle da situação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here