Estação Férrea, hoje Estação da Cultura, foi importante para o desenvolvimento de Montenegro - Reprodução/FN

Para celebrar os 110 anos da antiga Estação Férrea de Montenegro, hoje Estação da Cultura, foi realizada uma cerimônia especial coordenada pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Os convidados foram recepcionados por um ferroviário e uma passageira, que conduziram o público durante as apresentações. Durante a abertura das atividades foi apresentada a exposição “Qual a trilha do seu trilho?” que recorda a história dos 110 anos da Estação.

Hoje Estação da Cultura, o local é um importante espaço cultural e de lazer para a comunidade
– Arquivo/FN

Após o ato inicial, os convidados caminharam pela plataforma com parada para a apresentação do Coral Vozes. No espaço Braskem, antigo restaurante da Estação Férrea, foi apresentado um vídeo comemorativo com fotos e depoimentos de pessoas ligadas à Estação. Além disso, ocorreu um momento de depoimento da Presidente da Entidade de Filantropia Cultura e Arte (Efica), Clarice Biehl e de dois ex-funcionários da antiga Estação Ferroviária, Leonardo Lothammer e Claudionor Thomsen. Encerrando a comemoração, os músicos Paulo Augusto Petry e Luís Eduardo Petry, apresentaram a música “Expresso Ilusão” aos convidados.

Presente durante a cerimônia, o prefeito Kadu Müller ressaltou a importância da Estação que marcou o desenvolvimento econômico para a região. “No passado foi extremamente importante, principalmente pelo transporte de passageiros e de cargas. Hoje, a Estação é um local que fomenta a cultura e o lazer, destacou.

Na próxima terça-feira, dia 9, o evento “Noite dos Museus” dá continuação às comemorações dos 110 da Estação. A atividade prevê apresentações artísticas, sorteios de brindes e exposições especiais e interativas.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here