Crédito: Jonas Staudt/FN

Com tempo maravilhoso, um grande público se dirigiu ao campo da SUS, em Salvador do Sul, para acompanhar as partidas decisivas do Campeonato Integração/2019 da Liserf. Na principal categoria, a SUS voltou a superar o São Pedro, dessa vez por 3 a 2, e celebrou bicampeonato consecutivo.

Como no jogo de ida, contudo, o São Pedro, que precisava vencer para forçar uma prorrogação – onde também teria que vencer – começou atacando mais. Com menos de 10 minutos, os visitantes já tinham perdido uma excelente oportunidade, quando Maiquel invadiu a área em velocidade parou em grande defesa de Tita. Pouco depois, Saraiva cruzou forte, da direita, e o mesmo Maiquel por pouco não mandou a bola para a rede.

A SUS respondeu em conclusões perigosas de Gabriel e de Tida, que deram trabalho a Anderson. Mas, aos 40, o jovem goleiro do São Pedro nada pôde fazer quando Tida cobrou falta e Rô, escolhido o craque da decisão, apareceu no primeiro poste para desviar para o gol, fazendo explodir a torcida verde.

Logo aos 6 minutos da etapa complementar, o veloz Roger ampliou para os donos da casa, dando a entender que a fatura já estava liquidada. Mas o São Pedro não se deu por vencido e partiu para o tudo ou nada. Saraiva, aos 10, descontou em cobrança de pênalti. Aos 44, Luia igualou o placar, enchendo de esperança a torcida são-pedrense que se concentrava atrás de uma das goleiras.

Crédito: Jonas Staudt/FN

Só que o susto na SUS não durou muito, já que, aos 47 minutos, Roger sofreu penalidade de Quinhos. O capitão Tida bateu com a costumeira categoria e correu para a galera. Além do título e do craque da final, a SUS levou os prêmios de goleiro menos vazado, com Tita, e de goleador, com Laércio.

O confronto decisivo teve arbitragem pelo experiente árbitro Leandro Vuaden, de atuação segura.


SUS (3):
Tita; Maninho (Eder), Fernando (Max), Augusto e Léo; Xulin, Rô, Roger e Tida; Gabriel e Laércio. Treinador: Ademar Spohn

São Pedro (2): Anderson; Mainardi, Quinhos, Renan e Molon (Luia); Matheus (Colombo), Bruno, Saraiva e Gilsinho; Maiquel e Wilson (Léo). Treinador: Guilherme Schmitz.

Gols: Rô, Roger, Tida (SUS), Saraiva e Luia (São Pedro)

 

União fica com o caneco dos Aspirantes

            No confronto decisivo da categoria Aspirantes, na preliminar da final dos Titulares, a festa foi da torcida de Campestre Alto. O União mais uma vez derrotou o Julinho por 2 a 0 .

Crédito: Cleo Meurer/FN

O clube Júlio de Castilhos precisava da vitória dos 90 minutos e por isso partiu desde o início para o ataque. Apesar do domínio territorial em grande parte do primeiro tempo, entretanto, o Julinho não criou grandes oportunidades de gol.

Na etapa complementar, o União sobrou em campo e construiu a vitória que valeu caneco com gols de Matheus Werner e Gabriel “Iépche”, escolhido o destaque da final. Nas premiações individuais da categoria, Douglas Gossler, da SUS, foi o goleiro menos vazado, enquanto Emerson Fritzen, do Julinho, ficou com o troféu de goleador.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here